O leitor Nick Fraines me enviou fotos de um jardim situado na Gare Montparnasse. Intrigada com o aspecto tropical deste jardim o qual eu não conhecia, fiz uma pequena pesquisa.

Fiquei sabendo que a construção desta estação ferroviária, aliás a única estação de Paris construída no século XX, fez parte de um grande projeto imobiliário dos anos 60 que incluiu também a torre Montparnasse e um jardim chamado Jardin Atlantique. A proposta do paisagista para este jardim foi de reproduzir a vegetação das duas faces do Atlântico, ou melhor, dos continentes americanos, europeus e africano.  Por isto estes bambus e este ar de jardim brasileiro.

O Jardin Atlantique foi construído em cima de uma imensa plataforma de concreto de 3,5 hectares. Ele é, na realidade, uma solução sonora e estética. Por um lado ele protege os habitantes do bairro do barulho dos trens e, por outro, ele esconde as vias férreas.