Na França, a escolha do nome próprio foi durante séculos regulamentada pelos poderes púbicos. Os franceses escolhiam os nome dos seus filhos a partir de uma lista oficial onde a regra era o respeito à tradição.

Esta limitação foi abolidade e a escolha depende, hoje, da imaginação dos pais.

De acordo com artigos publicados na mídia, os pais franceses seguem códigos diferentes de acordo com a classe social.

De uma maneira geral, a escolha  dos nomes próprios sofre a influência das mídias via séries americanas e cinema. Daí o aparecimento em certos meios sociais franceses  de nomes de origem estrangeira como Brittany, Steve, Enzo, Matteo, Ornella.

Na elite francesa, a escolha segue as antigas regras e o respeito às tradições. Um nome com consonâncias estrangeiras é mal visto.

Para esse grupo social os vinte nomes femininos mais escolhidos são: Louise, Josèphine, Victoria, Alice, Héloise, Inès, Jeanne, Margaux, Chloé, Eléonore, Isaure, Victoire, Hortense, Valentine, Agathe, Alix, Camille, Capucine, Clémence e Lucie.

E os masculinos são: Paul, Arthur, Gaspard, Alexandre, Gabriel, Jules, Maxence, Charles, Grégoire, Jean, Louis, Maxime, Victor, Adrien, Antoine, Clément, Côme, Théophile, Alban e César.

Prova de que a escolha do nome próprio é uma operação altamente delicada, todos os anos o jornal Le Figaro publica um livro chamado  “La bible des prénoms”.

Gostaria de fazer uma pesquisa sobre a “história dos nomes próprios no Brasil”. Onde iríamos buscar os nomes tradicionais? Em primeiro lugar os nomes indígenas, em seguida os de origem portuguesa, sem esquecer a contribuição específica dos povos judeus;  depois os nomes de origem africana e por fim os nomes de todos os outros povos que um dia deram com os costados nas nossas praias.

Teríamos aí uma bela Biblia, bem brasileira, dos nomes próprios.


 

 


Saia do Brasil com o chip para que você chegue à Europa com o celular já funcionando: internet, chamadas, mensagens. Saiba mais infomações no site da Viaje Conectado.

Compre com antecedência seus ingressos para museus, monumentos e atrações em Paris, na França e na Europa no site Tiqtes. Use o código CONEXAOPARIS e ganhe 5% de desconto.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem. Use o código CONEXAO5 e ganhe 5% de desconto.

No site Booking você reserva hotéis e hostels com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise preços de passagens e horários de trens e ônibus e compre a sua passagem com antecedência para garantir os melhores preços.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro no Rent Cars.

Inscreva-se na newsletter e receba as novidades do Conexão Paris

* necessário