A exposição de 70 anos da Dior celebra a história da marca e de seu fundador, Christian Dior, e também o trabalho dos 6 estilistas que fizeram o nome da grife nessas 7 décadas de vida.

Christian Dior, Gabrielle Chanel e Yes Saint Laurent foram os estilistas franceses que mais mudaram a forma como as mulheres se vestiam no século XX. Cada um criou peças/looks icônicos que subverteram os códigos de vestimenta de suas épocas e se tornaram a marca registrada de suas grifes. Mesmo que uma mulher nunca tenha comprado ou mesmo ouvido falar de Chanel, Dior ou Saint Laurent, o que esses estilistas criaram acabou chegando até elas, mesmo que de forma diluída.

A exposição ‘Christian Dior, couturier du rêve’, em cartaz no Museu Arts Décoratifs até o dia 07/01/208, celebra os 70 anos da maison Dior. Ela presta homenagem não somente ao homem Christian Dior, mas também aos seus sucessores no posto de diretor criativo da maison e à marca Dior, uma das mais poderosas e influentes no mundo da moda e no mercado de luxo.

Entrada da exposição ‘Christian Dior, couturier du rêve’, que comemora os 70 anos da Maison Dior

A primeira parte

A primeira parte da exposição foca na vida de Christian Dior, sua infância, sua vida profissional pré moda (ele tinha uma galeria de arte que vendia obras de jovens artistas como Dali), a criação da maison, as influências do estilista (arte, flores, o século XVII – sobretudo Maria Antonieta) e como elas foram assimiladas e re-trabalhadas por seus sucessores.

Os vestidos inspirados pelo século XVIII, principalmente aqueles usados por Maria Antonieta

A segunda parte

A segunda metade começa com o look icônico – chamado New Look – criado por Christian Dior já no seu primeiro desfile, em 1947: um casaco de ombros arredondados e cintura super marcada e uma saia longa, rodada e bem volumosa. Uma reação contra a moda dos anos 40 de ombros largos e uma forma de transcender a penúria e a escassez provocadas pela grande guerra. Como  prova da importância desse look, são mostradas versões e interpretações feitas por outras marcas e estilistas.

O New Look, criado por Christian Dior em 1947

Em seguida, a linha do tempo da maison. São 6 salas, cada uma dedicada a um dos estilistas que assumiram a direção criativa da marca ao longo desses 70 anos: Yves Saint Laurent, Marc Bohan, Gianfranco Ferré, John Galliano (o ápice criativo e midiático da grife), Raf Simons e Maria Grazia Chiuri (a atual diretora criativa e primeira mulher a assumir o cargo). Nessas salas vemos como cada um desses estilistas interpretou e atualizou os códigos e as influências da maison, adicionando também o seu toque pessoal.

O final é apoteótico. Um grande baile Dior na nave principal do museu onde são exibidos os vestidos mais encantadores, rebuscados e luxuosas criados pela maison Dior ao longo desses 70 anos.

A exposição é rica e belíssima. Puro escapismo e sonho. É também densa e completa. É preciso tempo. Além disso, ela está bem cheia, vá munido de paciência. Para evitar as enormes filas na entrada, compre o ingresso antecipado no site da FNAC (clique aqui).

‘Christian Dior, couturier du rêve’ até dia 07/01/2018 no Museu Arts Décoratifs: 107 rue de Rivoli, 75001. Metrô linhas 1 e 7, estação Palais Royal – Musée du Louvre. Ingresso: 11€.


champanhe dayNo site Minha Viagem Paris você vai descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.