Dentro de alguns dias pegarei o Eurostar na Gare du Nord e 3 horas mais tarde chegarei a Saint Pancras, a estação de Londres.

Após Paris, que ocupa o primeiríssimo lugar na lista das capitais européias ideais para morar, Londres ocupa o segundo.

O contraste entre a Gare du Nord e Saint Pancras Station não é favorável para a estação parisiense. Felizmente a estação francesa passa por uma reforma completa para poder competir com a estação de chegada do outro lado do Canal da Mancha.

A Gare du Nord é uma estação ferroviária do século 19 que não soube acolher seus passageiros no século 20. Seu novo projeto de renovação responderá às necessidades do século 21.

Projeto do novo local de embarque do Eurostar. Créditos Wilmotte et Associés Architectes

Projeto do novo local de embarque do Eurostar. Créditos Wilmotte et Associés Architectes

Ela é a maior estação da Europa onde transitam 700.000 pessoas por dia. Até 2018, a reforma privilegia os espaços utilizados pelos usuários dos trem da periferia de Paris. De 2018 até 2023, o espaço chamado Transmanche será inteiramente refeito. A gastronomia não será esquecida. O grande chef Thierry Marx, do restaurante Le Sur Mesure do hotel Mandarin Oriental, abrirá uma brasserie para 600 pessoas por dia.

Hall do Transmanche. Créditos Wilmotte et Associés Architectes

Hall do Transmanche.
Créditos Wilmotte et Associés Architectes

A travessia do Canal de Mancha me impressiona. O Eurotúnel tem 50.5 quilômetros, com um trecho submerso de 37.9 km e ele atinge 75 metros de profundidade. A parte submarina do Eurotúnel é uma das mais longas do mundo. A idéia do projeto é antiga e data do início do século 19. Por questões relacionadas à segurança nacional os ingleses não eram a favor da ligação entre a ilha e o continente. Hoje, em Calais, cidade francesa perto do Eurotúnel, os milhares de refugiados que vivem em acampamentos insalubres são movidos por um sonho: atingir a Inglaterra. Alguns se escondem dentro dos caminhões de transporte de mercadorias, outros desesperados conseguem ultrapassar a vigilância e entram a pé no túnel. A cada notícia da mídia sobre estes acidentes, penso na antiga apreensão do ingleses.

Já mergulhada na história inglesa, recebi o vídeo acima que conta, em lindos cenários feitos de papel, Londres desde os primórdios até hoje. Ele foi enviado por Lucia Carneiro.

Outras formas de chegar em Londre saindo de Paris

. De avião. A viagem de avião dura 1h20. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.

. De carro. A viagem de carro dura em torno de 5h30 e é possível estacionar o carro dentro do Eurostar, verifique apenas os valores e disponibilidades de data e hora. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui. 

. De ônibus. Esta é a opção mais barata – preços a partir de 25 euros – e a mais longa, 9 horas de trajeto. Consulte valores e horários, e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus (clique aqui).