Por Karen Goldman, chef responsável pelos roteiros gastronômicos do Conexão Paris

Uma questão me inspirou este artigo listando alguns comportamentos que chocam os profissionais que trabalham em restaurantes franceses.

Diante de um olhar ameaçador ou perplexo do garçom, amigos brasileiros, ou de outras nacionalidades, me perguntam: “mas o que foi que eu fiz?”

Se quiser se dar bem na noite parisiense, leia os ítens abaixo.

Reserved

Reserved

. Reserva

Vou te contar um segredo, o melhor programa noturno para se fazer em Paris é jantar fora. Os parisienses sabem disso. Eles sabem também que os melhores restaurantes da cidade são concorridos. A chance de você conseguir uma mesa em algum bom lugar é mínima. É claro que você pode tentar, mas devo dizer, as estatísticas não estão do seu lado.

Como se dar bem: escolha os restaurantes e faça suas reservas o quanto antes possível.

. Pontualidade

Pessoal, o único lugar onde as pessoas não ligam se você chegar atrasado é o Brasil. O resto do mundo não é assim. Esta característica faz parte do nosso alto poder de tolerância, positiva em alguns aspectos, mas negativa em outros. Chegar mais de 15 minutos atrasado numa reserva, não é legal. E se o restaurante for concorrido, você perderá a sua mesa sem a menor cerimônia.

Para se dar bem: saia cedo do hotel e, se chegar muito antes da hora marcada, dê uma voltinha pelo bairro para abrir o apetite.

. Escolha do prato

Eu estudei cozinha e posso lhe garantir, todos os ingredientes daquele prato estão lá por alguma razão gustativa, olfativa e/ou sensorial. Não peça para mudar, substituir ou retirar.

Para se dar bem: escolha outro prato.

. Garçon, garçon!

Não estale os dedos pedindo atenção. Não grite. Não assobie. E não se levante da mesa. Você não é a pessoa mais importante do restaurante, todos são importantes.

Levante a mão e acene discretamente, quando perceber que foi visto. Aproveite a refeição e o momento.

Para se dar bem: não vá ao restaurante francês com pressa.

. Máquina fotográfica

Há uma grande polêmica entre os chefs a respeito das fotos tiradas de seus pratos. Muitos não ligam, mas a grande maioria não gosta. A principal razão é que pela foto você não consegue entender a verdadeira arte colocada naquele prato, para isso é necessário degustá-lo. Fora isso, muitas fotos são mal tiradas e não transmitem realmente a qualidade da comida que está ali. No entanto, estamos na era da internet, do instagram e as pessoas querem fotografar e dividir suas experiências, não tem como proibir.

Para se dar bem: tenha bom senso. Seja discreto, tire o mínimo de fotos possível. Nunca tire fotos das pessoas que estão lá comendo ou trabalhando.

. Último cliente

Os bons restaurantes não vão lhe pressionar para você acabar logo sua refeição. No entanto, você não se encontra na sala de jantar da sua casa. Aproveite sua última taça de vinho, coma sua sobremesa, peça um café, um digestivo, pague calmamente e vá embora.

Para se dar bem: tarde da noite e restaurante vazio, não fique sentado horas sem pedir nada.

Clique aqui para conhecer os deliciosos roteiros gastronômicos a pé por Paris.


restaurantesConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda no site Minha Viagem Paris. O guia traz uma seleção  dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, patisseries, caves, bares etc.

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.