500 euros

500 euros

Um conselho: evite fazer pagamentos com uma nota de 500 euros em Paris. Você corre o risco de ter, no mínimo, seu gesto recusado.

Me explico: os comerciantes detestam receber esta nota. Em uma pequena banca de jornal, o troco para uma nota de 500 não será fácil. Mas, pagar uma refeição em uma grande brasserie, não vejo onde se encontra o problema.

Mas foi exatamente o que aconteceu comigo. Ganhei de aniversário um lindo envelope com a nota de 500 euros no interior. Meu primeiro gasto, um jantar na brasserie, foi recusado e fui obrigada a usar o cartão de crédito. No dia seguinte, passei na minha agência bancária para trocar o presente.

E a reação dos comerciantes pode chegar à extremos inimagináveis. Recentemente, um casal de africanos passou quase 24 horas na cadeia. Motivo: suspeita de querer pagar uma compra de 200 euros com uma nota falsa de 500. O gerente do supermercado, sem mesmo passar a nota no detetor de falsos, chamou a polícia. E até o banco local fazer as verificações, o casal ficou preso.

A nota de 500 é mal vista e virou símbolo de atividades ilegais. Mais fácil para transportar ou esconder. Li artigos sobre a possibilidade de supressão desta nota, o que não seria um problema para o cotidiano dos franceses e dificultaria a evasão fiscal.

O famoso billet de 500 euros circula sem problemas somente nas altas esferas, que dizer, nas lojas de artigos de luxo, nos restaurantes gastronômicos e nos hotéis palácios.

Quando for fazer câmbio, melhor evitar este valor.