A equipe do Olá Barcelona: o casal e seus filhos

A equipe do Olá Barcelona: o casal e seus filhos

Caros amigos do “Conexão Paris”,

Introduzimos a vocês Olá Barcelona!, consequência natural de décadas de vivência internacional e experiência acumulada. Nasceu em junho de 2010, essencialmente por conta do estímulo de laços antigos de amizade, que nos sugeriram a idéia de fazer em Barcelona algo no mesmo sentido do “Conexão Paris”.

Pedrera

Pedrera

Nesses quase quatro anos de existência, dedicamo-nos exclusivamente à criação de conteúdo. Somente nesses últimos meses e a ponto de entrar em seu quinto ano de existência, iniciamos a divulgação de “Olá Barcelona!”. Pois é, coisa de japonês, aquela visão de looongo prazo. Permitam que ilustre isso: há vários anos, conversava em Paris com uma amiga japonesa, diretora de um dos bons hotéis da cidade. Por algum motivo, mencionei que passávamos o verão em uma ilha mediterrânea onde gostaríamos de ter, um dia, um lugar à beira-mar. Comentou ela, de pronto: “é… não sei se seria bom investimento, por causa do aquecimento global”. Misture-se o jeito mineiro com essa visão japonesa e temos “Olá Barcelona!” sendo finalmente divulgado. Portanto, há boa quantidade de conteúdo, sempre atualizado.

Batllo

Batlló

O objetivo principal do blog é a divulgação ao público brasileiro e lusófono (temos bom volume de audiência, em Portugal) da cidade de Barcelona como destino turístico privilegiado. Sabemos que há grande simpatia no Brasil pela cidade e pela obra de Gaudí, cantadas nas músicas de nossos mais conhecidos autores. Assim mesmo, esse apreço ainda não se traduz em termos de escolha da cidade como parada obrigatória, em uma visita à Europa. No entanto, Barcelona é uma cidade extraordinariamente dotada de atrativos de todos os tipos. Tanto é que figura entre os quatro maiores destinos turísticos europeus e entre os dez principais do mundo.

Sagrada Família

Sagrada Família

Por quê vir a Barcelona? Seu acervo histórico e cultural é invejável. Cada canto da cidade tem História, das remanescentes edificações romanas milenares ao Modernismo de Gaudí e Domenech, para citar os maiores representantes desse movimento, simultâneo e equivalente ao “Art Nouveau” francês. A partir dos Jogos Olímpicos de 1992, a cidade transformou-se uma vez mais, com o surgimento de uma arquitetura contemporânea de grande criatividade e vigor.

Barcelona foi também, junto com Paris, à época a capital européia da Arte, um caldeirão efervescente de criação no início do Século XX. Por aqui passaram Picasso, Dalí e Miró, entre muitos.
Picasso veio com a família para Barcelona quando era adolescente, e sempre a considerou como a sua cidade de coração (como sabem, era natural de Málaga). Viveu a maior parte de sua vida em Paris, com passagens por Barcelona. Ilustrativa disso é a sua pintura que se transformou no marco da transição para o Modernismo e o período Cubista, “Les Demoiselles D’Avignon”.  Muitos pensarão que ele se referia à cidade francesa de Avignon, mas a origem do título de sua obra-mestra está em Barcelona. É o nome da rua que se encontra no bairro gótico, onde se situava então a zona boêmia, o “Carrer d’Avinyó”.

Berasategui

Berasategui

Barcelona é também Gastronomia, no seu melhor sentido. A cidade oferece um leque de opções bastante amplo, para todos os gostos e faixas de preço sem perda da qualidade, mesmo nos menus mais em conta. A indústria de alimentação é a segunda maior da Espanha, depois do turismo. Comer bem é parte importante da vida mediterrânea; daí o desenvolvimento de uma cultura gastronômica da melhor qualidade.

Barcelona é um excelente lugar para fazer compras. Somente o Paseo de Gràcia responde por 27 por cento do valor de todas as compras feitas por visitantes extracomunitários à Espanha.

Barcelona é o Barça. Seu lema “mais do que um clube” reflete uma filosofia de solidariedade, respeito, fairplay e, em sentido mais amplo, de desenvolvimento de uma estrutura que representa uma grande família. Por isso mesmo, pelos êxitos e conquistas dos últimos anos, o Barça passou a ser a equipe número 1 do mundo, no ranking da FIFA. O museu do clube é o mais visitado da cidade. Assistir uma partida no Camp Nou é uma experiência, um belo espetáculo.

Barceloneta

Barceloneta

Barcelona é mar, com praias absolutamente limpas e seguras. Passear pelo calçadão da orla marítima é uma delícia! O período em que se pode ir ao mar, ou pelo menos tomar sol na praia, vai de abril a final de outubro.

Barcelona é clima ameno durante praticamente todo o ano. Mesmo no inverno, as temperaturas dificilmente ficam abaixo dos 8-10 graus positivos. Você provavelmente não encontrará dias chuvosos e frios, em sua visita.

Barcelona é infraestrutura, com uma rede pública de transportes invejável, que leva o visitante a qualquer ponto da cidade com rapidez, conforto e eficiência.

Barcelona é um centro dinâmico de criação, com ênfase no “design”, na moda e nas artes visuais, oferecendo diversas feiras e salões, ao longo do ano.

Barcelona é também a cidade dos grandes eventos, que escolheram a cidade para sediá-los, como o “Mobile World Congress”, o maior evento do setor de telefonia celular do mundo.

Enfim, bons motivos não faltam.

Palau Sant Jordi

Palau Sant Jordi

“Olá Barcelona!” não se limita apenas à cidade. Fazemos a cobertura de toda a Catalunha, região riquíssima em paisagens naturais, do mar aos Pirineus, em edificações romanas e medievais bem preservadas e, como não, em espaços gastronômicos espalhados por vários lugares que merecem visita. A Gastronomia é um de nossos interesses, pelo que fazemos posts sobre incursões regulares pelos ‘templos’ da gastronomia regional. Pelos vínculos familiares, estende-se também às Ilhas Baleares. Sempre que as circunstâncias nos permitem, espichamos nossa atuação por toda a Espanha. Além disso, espero permitir-me acrescentar experiências mais internacionais em posts ocasionais, sobre minhas viagens pelo mundo.

“Olá Barcelona!”, por fim, deverá passar a ter sua versão no idioma espanhol, até o final deste ano. A estrutura está sendo espelhada, de modo a que os leitores possam escolher o idioma. Não se trata de tradução automática, mas sim de versão completa, cuidada e direcionada a este público específico.

Esperamos sua visita e, sempre que possível, comentários sobre nosso trabalho.

Desde já, obrigado!

www.olabarcelona.com

Informações Conexão Paris: Como ir de Paris até Barcelona

  • Avião: a viagem de avião dura 1h40. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.
  • Trem: a viagem tem cerca de 6h30 de duração mas pode variar dependendo da hora e data da viagem. Fique de olho também nas possíveis baldeações em outras cidades. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Carro: a viagem tem cerca de 10h de duração. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: esta é a opção mais barata, mas também é a mais longa. A viagem tem cerca de 15 horas de duração. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.