Na França, o uso do tênis fora das práticas esportivas sempre foi associado aos adolescentes e a um estilo de vida menos “sério”. No entanto, nos últimos meses, começaram a aparecer nos jornais e blogs franceses, vários artigos dizendo às mulheres que abandonem seus saltos e que invistam no conforto e na facilidade dos tênis, seja no trabalho, nos eventos sociais ou na noite. Alguns chegaram mesmo a declará-lo o it-shoe de 2014.

Paetês + tênis de corrida

Paetês + tênis de corrida

Talvez isso seja influência da corrida, esporte cada vez mais adotado pelos parisienses (falamos sobre o assunto no artigo Qual seu tipo de pé? Qual tênis usar? Veja onde comprar em Paris). Mas o fato é que as mulheres mais antenadas às idas e vindas da moda já estão usando tênis há um tempo. Até mesmo nas regiões e estabelecimentos mais elegantes de Paris, vemos mulheres mais velhas que fazem mais a linha chique do que descolada, usando tênis. O que antes era contra-cultura, passou a ser cool e agora é chique. Atentíssimos aos movimentos da rua, alguns estilistas já se apropriaram da tendência e lançaram suas versões luxuosas do calçado. As mais recentes coleções de alta costura da Dior e da Chanel estavam repletas de tênis.

Tênis Chanel

Tênis Chanel

Já no Brasil o tênis faz, desde os anos 70, parte da nossa cultura e do nosso dia a dia. Podemos dizer que ele é o padrão da vestimenta nacional independente de idade e de classe social. Todo mundo o usa em todas as situações, do mesmo jeito que usam jeans e camiseta. É confortável, é prático, combina com tudo.

Talvez a brasileira não tenha tantas restrições ao tênis quanto a francesa tradicional mas ela jamais vai usá-lo em um evento social chique, por mais “fashion” que isso seja, e nem em um ambiente formal de trabalho. Para ela (brasileira), ele está associado ao lazer, às atividades do dia a dia e à academia de ginástica.

Na verdade, seja no Brasil seja na França, existem códigos sociais de como se vestir no trabalho e nos eventos sociais. Quebrar esses códigos ao usar tênis pode ser uma declaração de anti-conformismo, de fashionismo ou de exibicionismo.