Policiais de patins e os batedores de iPhones das margens do Sena

Policiais de patins e os batedores de iPhones das margens do Sena

Herbert Fernandes, leitor do Conexão Paris, viu no canal W9, programa Enquête d’Action, uma reportagem sobre golpes aplicados nas estações ferroviárias de Paris.

Os malandros agem sobretudo na Gare du Nord, a estação do trem Eurostar Paris/Londres.

Os espertos compram tickets de metro para crianças, e que custam 0.85 centavos, e em seguida os revendem por 1.50 euros para os turistas que estão nas enormes filas dos guichês ou dos distribuidores automáticos. Os estrangeiros pensam que estão fazendo economia de tempo e de 20 centavos pois o preço adulto é 1.70 euros.

Se o turista for controlado e apresentar o ticket infantil pagará 35 euros de multa.

Quando entro no metro, guardo o ticket usado nos bolsos. Um dia, ao pegar um lenço, deixei cair o ticket com o qual tinha acabado de entrar. Imediatamente um malandrinho o pegou e saiu correndo. Foi a rapidez da ação que me intrigou. Fiquei com a impressão que estes garotos possuem o dom da ubiquidade, estão de tocaia, invisíveis e no menor descuido entram em ação.

Preferi correr o risco de pagar multa, se sofresse controle, do que entrar em relação com a figura para recuperar o meu ticket.

Fiquem atentos, não aceitem ajuda, não comprem nada nas mãos de quem quer que seja. Fiquem com o ticket usado até a saída e segurem as bolsas.

A foto acima foi tirada em outubro 2013. Eu estava nos Tuileries e assisti a cena. No parapeito podemos ver alguns celulares retirados dos bolsos dos jovens romenos, os mesmos que estão nas estações de trem.