A Córsega, nossa ilha do coração, fica no sul da França, no Mediterrâneo. Por ter um movimento separatista forte e nativos bravos, a ilha permaneceu selvagem, com sua natureza incrivelmente preservada, praias limpas e vilarejos intactos. Queridinha dos franceses, a ilha vem atraindo cada vez maior número de estrangeiros, sobretudo europeus. Cruzar com brasileiros por lá ainda é coisa rara.

Coisas importantes para você saber:

  • A Córsega é grande – são ao todo 8.680 km2.
  •  Junho a setembro são os meses ideais para visitar a ilha. O verão é seco e quente; o inverno não costuma ser rigoroso como no norte da França, mas é frio o suficiente para você não querer colocar os pés na praia.
  • A Córsega é uma mistura de mar e montanha – e isso é o seu grande charme.
  • Não é possível visitar boa parte da ilha por transporte público. Portanto, você deve alugar um carro, o que te permitirá conhecer tanto o litoral quanto as montanhas. Outra possibilidade (maravilhosa!)  é alugar um barco, mas você ficará restrito ao litoral. Ou ambos, alugando o barco por períodos de quatro horas.
  • As estradas são estreitas, com muitas curvas, mas descortinam visuais deslumbrantes.
  • Na Córsega, fala-se francês e corso. Todas as placas de sinalização nas estradas trazem os dois idiomas. Isso quando os corsos não apagam o francês, deixando apenas o corso.
  • No litoral, o cenário é de muitas pedras e uma vegetação seca contrastando com o azul profundo do Mediterrâneo. Nas montanhas, oliveiras, vilarejos de pedras e vegetação mais densa.
  • A Córsega é perfeita para quem gosta de caminhar. As melhores paisagens estão em trilhas (para todos os níveis).

Praia no sul da Córsega, vista da estrada

O sul  é a parte mais mais selvagem da ilha, mais preservada. E isso é o grande charme da região mas, ao mesmo tempo, o que torna a visita um pouco mais difícil pois nem sempre é fácil encontrar informações confiáveis sobre o que fazer na ilha. Iniciamos hoje uma série de posts sobre a região, com um pequeno roteiro pelo sul da ilha que pode ser feito em 4 /5  dias.

De Paris, você deverá pegar um avião até Ajaccio, a capital da Córsega do Sul. A Air France tem vôos diários diretos para Ajaccio a partir de Paris, aeroporto de Orly. Duração do vôo: 1h35. Ao chegar em Ajaccio, alugue um carro no aeroporto e dirija até Propriano.


Mostrar Sul da Córsega em um mapa maior

Propriano fica a 65 km de Ajaccio. Se você chegar em Ajaccio pela manhã, você estará em Propriano na hora do almoço. A cidade não é especialmente bonita e charmosa (como outras que iremos citar), mas fica no centro da região sul da Córsega,  o que a torna um bom ponto de hospedagem para conhecer alguns dos pontos mais bonitos da ilha.

A cidade antiga fica em torno do velho porto, onde há vários restaurantes. No  jantar, recomendamos o restaurante TerraCota ou o Tempi Fa, que serve excelentes embutidos da região (ambos na rua do porto).

O porto de Propriano. Foto de Fredlef2012 no Flickr

Tomar um aperitivo no porto e ver o sol se pôr faz parte do hábito dos franceses (e nossos) que passam as férias de verão por ali.

Ou  então, você pode apreciar o incrível por do sol a partir de   outros  vilarejos que ficam  em torno no Golfo do Valinco, só que no alto das montanhas – como é o caso de Olmeto.

Pôr do sol em cidadezinha próxima a Propriano, no Golfo do Valinco

No dia da chegada, uma boa opção é conhecer Filitosa, o sítio pré-histórico que fica a 20 km de Propriano. Tombado pelo patrimônio histórico, o sítio tem um impressionante  conjunto de perafitas (estátuas em monolitos) e alguns exemplos de habitações do período. A visita dura 45 minutos (tem também um museu no local que vale a pena conhecer).

As perafitas no sítio arqueológico de Filitosa. Foto de , no Flickr.

As perafitas no sítio arqueológico de Filitosa. Foto de Simon Cope no Flickr.

 

Exemplo de "casa" neolítica. Foto de Simon Cope no Flickr

Exemplo de “casa” neolítica. Foto de Simon Cope no Flickr

Na região de Propriano, há varias opções de hospedagem. Nunca nos hospedamos em nenhuma delas, mas publicamos abaixo uma lista daqueles são considerados os melhores. Alguns ficam a alguns quilômetros do centro de Propriano.

Informações práticas:

  • O sítio de Filitosa fica aberto das 8h até o pôr do sol, que acontece por volta das 22 horas no verão. Consulte o site de Filitosa para ter mais informações.
  • Você pode comprar uma passagem pela Air France, de São Paulo ou Rio para Ajaccio, com parada grátis em Paris (na ida ou na volta). Com a promoção que está acontecendo neste momento, as passagens saem por 1.213 dólares, para compras até 16 setembro, e embarques de São Paulo (entre 01 novembro e 14 dezembro) e Rio  (entre 01 de outubro e 14 de dezembro).
  • Os hóteis Miramar  e Le Golfe, Piscine & Spa Casanera são parceiros da Air France. Ao se hospedar, você acumula milhas no programa de fidelidade Flying Blues da Air France.
  • Ao alugar um carro da Hertz, você também acumula milhas para o Flying Blues da Air France.

Os posts do Especial Córsega do Sul serão publicados semanalmente, durante quatro semanas.

Obs.: os posts sobre a Córsega são produzidos pelo Conexão Paris e patrocinados pela Air France.

Como chegar em Ajaccio saindo de Paris

Importante: Existem várias combinações e opções de travessias de barco e vôos para chegar à ilha, a viagem para Ajaccio é apenas uma delas.

. De trem. Em 3 horas é possível fazer centro de Paris/centro de Marseille; e em 4h, Paris/Toulon. Dessas duas cidades é possível pegar o barco que leva até Ajaccio. Os preços do trem variam de acordo com o mês, o dia da semana e a hora. E se comprar sua passagem com antecedência – clique aqui – consegue preços mais baratos ainda.

. De avião. Paris/Ajaccio. A viagem de avião pode variar entre 2h50 e 5h50, tudo depende da escala do voo. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.

. De carro. Passando por Lyon, Avignon, Aix en Provence, Marseille. Belo passeio em direção ao sol da Provence e da Côte d’Azur. Você pode entrar com o carro no barco que faz a travessia até a ilha, verifique antes as disponibilidades e preços. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.

. De ônibus. Esta costuma ser a opção mais barata e a mais longa também, a viagem tem cerca de 12 horas de trajeto até Marseille e 13h40 até Toulon, as duas viagens com uma parada na Gare de Lyon. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus (clique aqui).

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.