Vista à partir da Torre Eiffel do teto do Museu Quai Branly

O museu Quai Branly, em Paris, inaugura dia 6 de junho uma obra de 750m2 que poderá ser vista somente do alto da torre Eiffel.

Com esta proposta o museu “tira proveito” desta famosa vizinhança.

A obra em fase de instalação

Esta obra é da artista australiana Lena Nyadbi, membro da escola de Warmun que regrupa artistas aborígenes.

Trata-se da interpretação de uma lenda, a história de um peixe gigantesco que, ao escapar das redes dos pescadores, perdeu suas escamas. Aos poucos, estas escamas se transformaram em diamantes.

Provavelmente não subirei na torre Eiffel tão cedo!

Por isso, se alguém me mandar uma bela foto da obra, ficarei agradecida e feliz. A foto acima, péssima, foi “pescada” em documento pdf do Museu.

Se você não conhece ainda o Musée du Quai Branly, clique aqui.