Este é o terceiro artigo assinado por Marcello Brito. Onde se hospedar em Bruges?

Na chegada em Bruges vá direto ao ponto de táxi diante da estação ferroviária. Não vai te custar mais que 8 euros.

De cara eu sugiro que durma uma noite em Bruges. O ideal seriam duas. Bruges se torna Brugge quando a noite cai e os turistas deixam a cidade. A iluminação noturna dos monumentos é lindíssima e vale muito a pena caminhar pela escuridão iluminada de âmbar.

Bruges tem pousadas, maisons d’hôtes e hotéis absolutamente encantadores e de grande categoria.  Lembre-se das tarifas reduzidas de segunda à quinta e saiba que ao optar pelas pousadas ou hospedarias, o café da manhã estará incluído na diária. O que não acontece nos hotéis. E um café num hotel de classe começa invariavelmente nos 20 euros.

A não ser que você seja devoto de frigobares, cofres e porteiros ou necessite de carregadores qualificados para a sua bagagem, indico sem medo de errar as pousadas de Bruges. Esqueça os Bed an Breakfast anêmicos e desleixados. Hoje o que encontramos são Ghest Houses de alto padrão, com foco no design e serviço personalizado.

Tenho ficado sempre na pousada abaixo, pequena e belíssima, com 3 quartos, indicada pelo guia Michelin Rouge e dirigida por dois amigos franceses que se dividem entre Paris e Bruges:


De Triptiek – Nieuwe Gentweg, 57, 8000 Bruges – tel +32 498 65 60 25 – Situada em rua calma, a cinco minutos a pé do centro, a casa – na realidade três chalés do séc. 17 muito bem restaurados – está cercada pelo denso bosque do Groeninge Museum, o que proporciona belas vistas dos quartos. A decoração cool de bom gosto é uma perfeita harmonia entre tradição e moderninade: objetos de arte, tons suaves, velas, flores frescas, lençois de muitos fios, banheiros espetaculares e o prazer em receber de Jacques e Joel. Todos os quartos são bonitos , mas o 2 – chambre amande – é o melhor. O delicioso café da manhã pode ser servido nos jardins, nos dias quentes. Mais casa de amigos que pousada, o café é um momento perfeito para um longo papo sobre Paris, os encantos da França e evidentemente Bruges. Diárias em torno de 120 euros. Não aceita cartões de crédito.

Outras ótimas opções na mesma linha de lugares pequenos e charmosos com design diferenciado, são:

– De Brugsche Suites – Koningin Elisabethlaan 20, 8000 Bruges – tel: +32 473 80 31 53 – Com soberba decoração Segundo Império, mas sem excessos, esse é talvez o endereço mais exclusivo e aristocrático de toda Bruges e ainda um segredo para poucos. São apenas três grandes e luxuosas suites com nomes da realiza, todas impecáveis e cada uma com sua lareira, seu tom e seu décor opulento pautado em obras de arte e peças de antiquário.  Ela fica na borda oeste de Bruges numa área residencial fora da rota turística, talvez um pouco distante das atrações para alguns (a pousada está a 10 minutos a pé do Markt). Para outros, um ponto positivo por manter uma certa independência das multidões. Tanto luxo tem seu preço, diárias a partir de 225 euros.


– Exclusive Guesthouse Bonifacius – Groeninge 4, 8000 Bruges – tel: +32 50 49 00 49 – A mais romântica das hospedarias da cidade, tudo aquilo que se espera de um refúgio aconchegante em Bruges. Um chalé medieval ao nível do canal Djiver, de frente para a bucólica ponte Bonifatiusbrug, tendo o imponente campanário da igreja Onze Leite Vrouwekerk como pano de fundo, a casa é composta por três suites decoradas com esmero em motivos florais e campestres. Mas atenção, somente a suite Clair Obscur possui vista para o canal e a suite Guinevere, embora com belíssima cama com dossel, pode ser considerada pequena pelos mais espaçosos. Serviço impecável e personalizado: ar condicionado, cofre, frigobar e amenidades tecnológicas de um 5 estrelas. Na cobertura, pequeno solarium com vista do fabuloso sitio histórico. Foi aqui que se hospedou o ator Colin Farrel durante as filmagens de Na Miro do Chefe. Diárias a partir de 200 euros. Não deixe de perguntar pelas tarifas promocionais, não indicadas no site.

Maison Le Dragon – Eekhoutstraat 5, 8000 Brugge – tel: + 32 50 72 06 54 – De propriedade da mesma família que gere a Exclusive Guesthouse Bonifacius, essa Maison d’Hôtes de grande personalidade, instalada em um solar do séc 16, tem clima mais urbano e belo décor. Da impactante sala de estar com deslumbrantes pinturas murais no teto e nas paredes datadas do séc. 18, passamos para a sala de  almoço com toques Luis XVI. Os quartos tem ambientação mais limpa em cores neutras e os banheiros com jacuzzis e granito ônix são excelentes. Ar condicionado, frigobar, cofre, LCD, roupões e chocolates. Um padrão de serviço alto com Emmanuel, o dono, cuidando de cada detalhe pessoalmente. Ótimo café da manhã. Localização central em rua relativamente calma e com boas opções de jantar. Diárias a partir de 175 euros.

Casa Romantico – Eekhoutstraat 37, 8000 Brugge – tel: +32 50 67 80 93 – Quem passa pela frente do pequeno chalé característico da região, não imagina que por trás de singela construção se esconde um segredo que só aos hospedes é dado o direito de conhecer. Um belo e amplo pátio ajardinado com um gramado central onde ombrelones e espreguiçadeira estão a disposição para uma pausa nos dias ensolarados. A decoração deste B&B em tons terrosos e ocres com lindo piso, ora em madeira escura ora claríssima, evoca os ares de uma casa de campo refinada. Cestas de palha, móveis antigos, almofadas Jacquard e gravuras de qualidade tornam o ambiente aconchegante. Os quartos, suites e banheiros são ótimos. Bonitas roupas de cama, roupões, cofre, banheira de cinema. Diárias a partir de 150 euros.


Asinello B&B – Ezelstraat 59a, 8000 Brugge – tel: +32 478 38 86 47 – Se você é devoto do design e busca uma atmosfera hype, aqui é o seu lugar! Mais Antuérpia que Bruges esse impecável e ultra moderno Bed & Breakfast é prova inconteste do domínio belga no desenho avant-garde e de que realmente a fase mochila & colchonete dos albergues é coisa do passado. A ambientação joga com grandes espaços vazios e peças quentes e vermelhas de traço futurista inspiradas no movimento Memphis. O resultado é espetacular. Os banheiros sensacionais e a Suite Germaintje, no ático do imóvel, não deve ser esquecida. Uma modernérrima lareira no salão de estar, um ambiente fumegante para banhos turcos a disposição dos hóspedes e bichinhos de pelúcia sobre as camas dando um tom glitter e lúdico, confirmam esse endereço como uma das opções mais simpáticas da cidade. Diárias a partir de 100 euros. Não aceita cartão de crédito.

Para você que não abre mão de um bom hotel com todos os serviços que ele pode oferecer, aqui vai uma rápida lista do que a cidade tem a oferecer de melhor:

– Kempinski Hotel Duke’s Palace – Prinsenhof 8, 8000 Bruges – tel: +32 50 44 78 88 – O cinco estrelas do pedaço num impressionante palácio tipo castelo da cinderela, a moradia oficial dos Duques de Burgundy. O retrofit impecável optou por ambientação contemporânea nas partes comuns e mais tradicional nos quartos. Diárias ainda aprazíveis para o nível do negócio, a partir de 159 euros, sem o café da manhã.

– Hotel De Tuilerieen – Dijver 7, 8000 Bruges – tel: +32 50 34 36 91. Para muitos o melhor hotel da cidade numa locação perfeita, de frente para o canal Dvijer e ao lado do Groeninge Museum. O serviço é impecáve e a decoração low profile muito bonita. Mas há variação na qualidade dos quartos. Diárias a partir de 129 euros. O café da manhã com direito a espumante e a tal fonte de chocolate que é a tentação dos gulosos sai a 30 euros por pessoa.

– Martin’s Orangerie – Kartuizerinnenstraat 10, 8000 Bruges – tel: 32 50 34 16 49 –  O primeiro hotel butique de Bruges acrescentou o Martin’s da cadeia belga ao nome, mas mantém inalterado o charme desse antigo convento convertido em hotel. Atenção especial para o espetacular deck sobre o Djiver. Mais central impossível. Os quartos que abusam das estampas florais podem não agradar aos mais moderninhos. Diárias a partir de 195 euros.  Café da manhã a 25 euros por pessoa.

– Relais Ravestein – Molenmeers 11, 8000 Bruges – tel: +32 50 47 69 47 – Para os trendsetters de plantão esse é o local. De atmosfera cool e moderninha esse badalado hotel de design foge ao padrão estético habitual e ainda se privilegia de uma locação mais ao norte da cidade, com o recuo necessário das regiões mais turísticas, mas ao lado dos restaurantes que contam. Amplas e arejadas instalações e um belo terraço debruçado sobre o canal St-Annarei fecham a tampa com louvor. Diárias a partir de 174 euros.

Cliquem aqui para lerem o primeiroaqui o segundo artigo sobre Paris/Bruges.

Como ir de Paris até Bruges

No nosso novo site de passeios e serviços Minha Viagem Paris, nós oferecemos um passeio privativo até Bruges clique aqui para mais informações.

  • Trem: a viagem de Paris até Bruges tem cerca de 2h40 de duração, fique de olho na baldeação em Bruxelas. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Avião: a viagem de avião até Bruxelas dura 3 horas com escala em Amsterdã. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.
  • Carro: a viagem até Bruges dura cerca de 3 horas, passando por Lille. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: esta costuma ser a opção mais barata mas também é a mais longa. A viagem até Bruxelas têm cerca de 03h50. Consulte valores, horários e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus

MinhaViagemParis1Acesse o site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.