A avenida Champs Elysèes já está decorada e como sempre, maravilhosa.

Uma grande novidade este ano, o Marché de Noel, o mercado de natal. A partir da place de la Concorde, uns sessenta chalés vendendo produtos de vários países europeus e do interior da França.

Embutidos espanhois, sobretudo os presuntos serrano e pata negra.

Vinho quente, tipicamente francês, uma bebida para dias frios, uma hábito das estações de esqui.Vinho aquecido e perfumado com canela e limão.

A guimauve, estas massas coloridas e suspensas. Não sei como são feitas. Só sei que é muito doce e as crianças adoram. Elas ficam penduradas e vão caindo. Tem sempre que ter alguém ao lado para impedi-las de chegarem até o chão. Quando estão baixas demais, as massas são enroladas e suspendidas de novo. Muito engraçado. Nunca vi isto no Brasil.

O Marche de Noel é um programa para a família toda. Elásticos gigantes para as crianças enquanto os pais bebem um vinho quente, ninguém é de ferro.

Tobogam.

Para as crianças pequenas, a casa do Papai Noel e um trem elétrico.

Até final de dezembro.