Carcassone

Este post foi escrito pela “pitaqueira” Claudia Oiticia.

Carcassone: maior cidade medieval da Europa situada no país cátaro. Nada define melhor esta cidade do que a expressão/clichê “cidade de filme”. Não é à toa que muitos foram rodados aqui, Robin Hood, Os Visitantes, etc. Com seus 3 km de muralhas duplas e suas 52 torres muitissímo bem conservadas, o conjunto impressiona.

À noite, a iluminação cênica deixa La Cité, como é chamada a parte fortificada, ainda mais deslumbrante e pode-se avistá-la de longe. Fantástica.

Carcassone com seus mais de 2.000 anos de história fica no departamento do Aude, na região do Languedoc-Roussillon que faz fronteira com a Provence e a Espanha. Daí sua forte influência catalã.

Foto: filhos da Cláudia

Fazer um passeio de charrete em torno das muralhas é uma oportunidade de conhecer mais detalhes da história cidade. O condutor vai explicando toda a evolução  que ela sofreu.

Entre final de junho e começo de agosto acontecem dois eventos concorridos e a cidade fica lotada: o Festival de Carcassone com a apresentação de vários artistas famosos, óperas, teatros e o Embrasement de la Cité Médiévale, no dia 14 de julho, com show excepcional de fogos de artifício que dura 25 minutos.

Opções de Hospedagem

Dentro das muralhas

Hotel de la Cité do grupo Orient Express é o mais caro e o mais exclusivo. Seu restaurante o La Barbacante possui 1 estrela no Michelin. Faça suas reservas pelo Booking.com. Clique aqui.

Hotel Best Western Le Donjon, 3 estrelas e diárias a partir de €110. Faça  suas reservas pelo site Booking.com. Clique aqui.

Fora das muralhas com linda vista da Cité

Hôtel Mercure Porte de La Cité, ótima relação custo/benefício com quartos confortáveis e diárias a partir de €80. Faça suas reservas pelo Booking.com. Clique aqui.

Hôtel du Château, mais intimista e charmoso que o Mercure e diárias a partir de €110. Faça suas reservas pelo Booking.com. Clique aqui.

Um pouco mais afastado, o Hôtel Domaine d’Auriac que faz parte da associação Relais & Châteaux é também uma excelente opção de hospedagem. Ótimas acomodações em um lugar bucólico e elegante com preços justos. Diárias a partir de €150. Seu restaurante gastronômico tem 1 estrela no Michelin. Faça suas reservas pelo Booking.com. Clique aqui.

Carcassone está no sul da França a 775 km de Paris. De carro são mais de 7 horas de viagem. De trem, indo de TGV até Montpellier são 3 horas de viagem. Esta cidade está a 150 km de Carcassone. Como se trata de uma auto-estrada pode-se fazer o trajeto Montpellier em 1.20h.

Carcassone está a 315 km de Marseille.

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

Veja Também

Parque de atrações Futuroscope

Pausa gastronômica entre Sarlat e Rocamadour

França: um passeio por Albi

150 pitacos, participe desta conversa

  1. Aurea Borne disse:

    Lugar absolutamente fascinante! merece ser incluído no roteiro…
    Cheguei em um dia chuvoso, frustrada porque achei que não seria uma visita como sonhava. No entanto, antes do fim do dia o tempo abriu, bem a tempo de andar pelas belas vielas e percorrer o entorno das muralhas, apreciando o por de sol recortado pela silhueta das torres. Já noite, jantamos cassoulet na cidadela e admiramos a fortaleza iluminada.
    Não poderia ter idealizado uma visita mais perfeita! Carcassone é realmente deslumbrante!

  2. Delicia Aparecida Pereira disse:

    Estaremos em breve em Marselle e ficaremos 2 dias, desejamos ir até a Cidade de Carcassone, mas estou com dificuldades em descobrir o tempo que leva até Carcassone, e se há trem que leve até a cidade, tempo de viajem, preço de passagem, horários de ida e volta dos trens. Você pode ajudar? É a nossa 1ª vez na Europa.
    Obrigada… merci

  3. Aurea Costa disse:

    Augusto
    Quando estava planejando a ida de Carcassonne a Paris de trem todas as opções apareciam com conexões e para quem não conhecia as estações, achei o intervalo de tempo entre elas muito apertado. Depois de adqjirir o trecho Toulouse Paris aéreo me veio a ideia de comprar dois trechos de trem separados da do um intervalo maior na conexao. Voce pode simular via Montpellier por exemplo. Espero ter ajudado

  4. Aurea Costa disse:

    Desculpem. A digitacao no tablet truncou algumas palavras. Penso que deu para entender o que estava com intenção de digitar.

  5. Aurea Costa disse:

    Soube da existencia de Carcassonne aqui neste post. Desde então vinha alimentando o sonho de conhecer. Ano passado cheguei a começar o planejamento mas os ventos me levaram até Berlin, que não conhecia ainda, antes de uns dias em Paris. Finalmente este ano deu certo. Com as dicas principalmente da Lucia Carneiro e do Rodrigo Lavalle, conheci essa riqueza que é Carcassonne. Parece que entramos no tunel do tempo de volts ao passado. Minha sobrinha de 21 anos que me fez companhia ficou mais encantada ainda pois com sua juventude r bigor esquadrinhou cada cantinho. De lá fomos passar seis dias em Paris, novidade tambem para ela. Fiz o roteiro assim:Fortaleza/Lisboa/Toulouse aereo. Toulouse/Carcassonne/Toulouse de trem e Toulouse/Paris aéreo. Sonho realizado gracas ao C.P. Obrigada a todos.

  6. Dayane Freire disse:

    Ual..estou impressionada com os ares medievais….quero conhecer!!!

  7. Augusto disse:

    Tenho uma dúvida a respeito das possibilidades de locomoção para chegar a Carcassone. Pretendo viajar por 4 dias, saindo de Paris e voltando para Paris.
    Tenho um guia “de bolso” brasileiro mesmo, sobre a França, que indica que dá pra ir pra Carcassone de avião (a partir de Paris), mas procurando passagens aéreas on-line, só encontrei pra Toulouse (apesar de informar na busca que queria para Carcassone, os resultados foram alterados para Toulouse). Então a primeira dúvida é essa: existe como ir de Paris pra Carcassone de avião? Se existe, compensa (e qual a companhia?)? Ou é melhor ir de trem? Se não dá pra ir de avião pra Carcassone, o que é melhor, ir de trem ou ir de avião até Toulouse (ou alguma outra cidade, qual?) e depois de trem pra Carcassone? Não quero alugar carro, mas essa seria uma possibilidade também, caso seja MUITO indicado…
    Enfim, reconheço que não fui muito claro no texto acima, mas resumindo: quero ir de Paris pra Carcassone, quais as opções? Só avião? Só trem? Avião (pra onde?) e depois trem?
    Agradeço a ajuda e aproveito para parabenizar os organizadores (e aos leitores colaboradores)do site, que traz muitas informações úteis.

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Augusto, compensar é relativo. Com relação ao valor ou ao tempo gasto? Fazendo uma pesquisa rápida, você vai gastar 50% a mais de dinheiro e um pouco menos de horas indo de avião até Toulouse e depois pegando um trem até Carcassonne. Eu evitaria avião porque aeroporto é uma chatice. De trem você sai do centro de Paris e chega em Carcassonne. Existem opções de trem que levam 5h15m de Paris até Carcassonne, rápido não é mas é mais agradável. Pesquise nesse site: http://www.voyages-sncf.com/.
      Abraços.

  8. Aurea Costa disse:

    Obrigada Lucia. Bem ilustrativo sua descrição. Vamos fazer aéreo Fortaleza/Lisboa/Toulouse onde pernoitaremos. No sábado depois do meio dia é que continuaremos até Carcassonne. Na segunda voltaremos para Toulouse para pegar um vôo da Aie France para Paris. Comparei para ver se seria melhor trem ou avião e pela distância, tempo e custo, optei pelo trecho aereo. Ja vi que são muitas as opções de horário tanto de trem (Carcassonne) como voos (Toulouse/Paris). Compro a aerea aqui e deixo o trem para lá. E agora fiquei sabendo que qualquer imprevisto terei ainda o taxi ou ônibus. Obrigada pelas dicas!

  9. LuciaCarneiro disse:

    Aurea

    No passeio que fizemos em Outubro do ano passado, 2013, visitamos França profunda, a França mais antiga até com amostras de seu período cro magnon! Países cátaros, grutas, guerras, lendas e muita história! Saímos de TGV de Paris para Toulouse e de lá depois de 2 noites na cidade partirmos para mais duas noites em Carcassonne. Duas noites são suficientes para a cidadela. O começo de nossa aventura. Lá nos esperava o carro alugado para continuar a viagem já que teriamos que deixa-lo num estacionamento, porque aluga-lo em Toulouse?
    Viajando de trem, viaje leve. Um carry on médio no máximo para cada pessoa. Com passagens compradas na abertura das vendas, 3 meses antes e entregues no hotel em Paris, fomos em frente.
    Acontece que nossa perna para Carcassonne foi anulada. SNCF mandou email no dia anterior à partida de Toulouse nos avisando.
    E aí? Plano B!
    Ajudadas pela recepcionista do hotel resolvemos que não iriamos mais de trem. Avaliamos as ofertas e opções e contratamos um carro com motorista para nos levar. E não nos arrependemos! O que seria bom, ficou ótimo!
    Ao inves de carregar mala, mesmo só uma e mais bolsa, de lá para cá, taxi para Matabiau, desce/sobe procura a voie, ansiedade do desconhecido, desgaste. Assim chegamos descansadas e o proprio motorista, experiente no trajeto, se incumbiu de ao chegarmos na porta da cidadela telefonar para o hotel e pedir o carrinho.
    Valeu! Por isso tenho certeza que se o trem para Carcassonne for o transporte escolhido por você melhor será comprar as passagens na estação.
    É o que faríamos caso não tivessemos decidido pelo carro.
    Se entendi bem você vai de Lisboa para Paris e de Paris para Toulouse de TGV? Se for assim gostaria de sugerir iDTGV como escolha para o trajeto.
    Se interessar explico o processo e de que se trata. É também um serviço de SNCF (Societé Nationale des Chemins de Fer) bem interessante e de inteira confiança, mas é só para Paris-Toulouse.
    Já fizemos uso e adoramos!
    Abraço!

  10. Aurea Costa disse:

    Ok Lucia. Qualquer informação vou acompanhar poraqui. Obrigada

  11. Fernanda disse:

    Oi, farei uma viagem para o sul da França agora no mês de dezembro e com o tempo um pouco apertado, terei que escolher entre Toulouse e Montpellier. Gostaria de saber qual das duas cidades é mais interessante conhecer.
    Outra dúvida é se em Carcassonne é mais recomendável ficar dentro ou fora da Lá Citte, perto do Natal.
    Agradeço desde já.

  12. Adriano disse:

    Olá, primeiramente parabéns pelo post sobre Carcassone e pela atenção em responder as dúvidas do pessoal. Me empolguei e gostaria de pedir uma ajudinha também. Acho que meu caso é dificil devido ao curto período de tempo, mas vamos lá.. eu e minha noiva vamos ficar 5 noites na França, chegamos em Bordeuax e saimos por Nice. Pretendemos fazer o percurso todo de carro, sendo: 2 noites e Bordeux, 1 em Carcassone, 1 noite em Avignon e 1 (ultima) noite em Nice. Não sei se ficou legal, é a nossa primeira vez nessa região. Ficamos em dúvida se devemos passar uma noite em Carcassone, e também 1 noite em Avignon (pensamos em várias outras cidades, Montpelier, Nimes, Marselle). O que vocês poderiam nos sugerir, considerando o curto espaço de tempo? Além disso, faltou dizer que vamos fazer essa viagem na primeira semana de novembro, vai estar bem frio né? Desde já, muito obrigado!

    • Mariana Berutto disse:

      Adriano, tanto Carcassone quanto Avignon são maravilhosas. O unico problema é que voces vão correr muito pois são ao todos cerca de 850 km. Mas não ha duvida que são cidades maravilhosas, que valem a pena conhecer.

  13. Giovanna Mambretti disse:

    Olá!
    Sou fã do site!!!!
    Pretendemos ir de Paris a Carcassone para pegar um boat no Canal do Midi. Qual o melhor meio de transporte para esse percurso (Paris-Carcassone)?
    Da tempo de passear por Carcassone em apenas 1 dia? E estando em Carcassone, é viável ir até Castelnaudary para provar um cassoulet? Como ir e quanto tempo levaremos?

    Super obrigada!!!!!

    Beijos :)

    • Lina disse:

      Giovanna
      Paris Carcassonne é longe e mesmo a viagem de trem é longa. Não existe um TGV ligando Paris à esta cidade.
      De carro são quase 7 horas e de trem mais de 5h.
      Carcassonne é pequena e pode ser visitada rapidamente.
      Talvez o ideal seja Paris Toulouse de avião, lá você degusta um cassoulet e depois segue de carro seu trajeto.

  14. AEP disse:

    Amigos: acabo de chegar da França e fiquei uma semana na Provence. Conheci Carcassone da seguinte forma: saí da Aix bem cedo, de carro, e em três horas estava lá. Estrada perfeita e bonita. Carcassone é tudo e mais alguma coisa. Dentro da cité parece que voltamos à idade media mesmo. Muitos restaurantes, lojinhas típicas, cafés e atendimento educado. A cidade também é interessante. Tudo em apenas um dia. Achei o suficiente. Mais três horas no final do dia, com sol até as 22:30, e chegamos bem em Aix. Recomendo. Levei meu filhos de 7 e 9 e foi uma grande viagem cultural. Observação: no meio do caminho, na ida, ainda passamos pela Camargue. Mas não faça isso no final de semana. Tudo fechado na Camargue, até o Tourist Information. Voltarei e dormirei na Cité!!!

  15. Adriano disse:

    Olá, estou indo de carro de Paris até Lourdes, passando por Carcassone. Gostaria de saber quais cidade poderia/deveria conhecer na ida e na volta. dispomos de tempo!. Muito obrigado pelas dicas

    • Lina disse:

      Adriano
      Você tem muitas opções: Fontainebleau, os castelos do Loire, La Rochelle, Bordeaux, Saint Emilion, Bassin d’Arcachon, Carcassone.
      Somente na região de Bordeaux fique pelo menos 4 dias.

  16. tania alexandre martinelli disse:

    Estive em Carcassonne em junho do ano passado com meu marido e fiquei hospedada dentro de La Cité, no Hotel Best Western Le Donjon. Para quem pensa em se hospedar ali, posso dizer que foi tudo ótimo. Eles têm um estacionamento dentro de La Cité (fui de carro de Barcelona a Carcassonne, com destino a Paris, fazendo paradas nos castelos do Vale do Loire, uma viagem inesquecível) e, em seguida, alguém do hotel nos leva de carro desse estacionamento até lá, pois há uma certa distância, pequena, mas que não dá pra ir a pé com bagagem. No check-out mesma coisa. Sem demora alguma. O hotel é confortável, os atendentes falam inglês e espanhol e da janela do nosso quarto víamos a ponta de um dos castelos e a lua, que estava cheia e linda! Tomamos nosso café da manhã em uma das boulangeries ao redor. E também jantamos por ali, há várias opções de restaurantes, lojinhas… um encanto. Perfeito!

  17. Vanessa disse:

    Esta cidade é muito parecida com Siena na Itália!

  18. Izabel Bernardes disse:

    Olá ! Vi em um documentário da Globo sobre uma feira em Carcassone, que comercializa queijos entre outras iguarias. Você tem como conferir em que dias acontece e se é na citte ? Obrigada. Aguardo retorno

  19. Aurea disse:

    Estou comecando a planejar uma viagem a Berlim e Paris. Alimento ha anos o sonho de conhecer Carcassonne mas tem sido dificil por falta de companhia. Agora a viagem seria com meu filho e fariamos o trajeto Berlim Paris de carro. Sera que no trajeto existe algo que pudesse substituir Carcassone? Ou seria melhoro mesmo trecho aereo e de Paris a Carcassonne de trem? Nao dispomos de muito tempo. No maximo uns dez dias no total. Agradeco sugestoes. Um feliz 2013 para todos do CP.

  20. miriam andrade disse:

    Cláudia,
    Desde que fui à Carcassone, levada pelo meu filho, nora e neto , na época com dois meses, hoje com cinco anos, fiquei deslumbrada!!!!Alugamos um carro em Barcelona , porque queríamos parar em Figueres, a fim de visitarmos o Museu Dali e de lá , seguimos viagem para o nosso objetivo.
    Pena que fizemos bate-volta. Por isso, ficou em mim aquele desejo de voltar. Em menos de um dia, não deu para conhecermos a cidade.
    Agora, em janeiro, mês de férias de professor, voltarei a essa encantadora cidade medieval. Ficarei dois dias. Pergunto-lhe, além da cidade murada o que há de interessante para se ver e fazer no entorno das muralhas? Se não me engano o portão da cidade é fechado à noite, não?
    Bjs,
    Miriam

  21. Ivy disse:

    Vou a Carcassonne e de lá sigo para Barcelona, ficarei hospedada no Hotel http://www.lemontmorency.com/. Minha pergunta é : Compro a passagem para Carcassone e paraBarcelona já daqui do Brasil/ As passagens tanto pra Carcassonne são compradas no mesmo site francês ( sncf.com/). Eu sei apenas quesó posso comprar 3 meses antes e apesar de começar a viagem em 1º/01, eu só estarei em Paris dia 25. Eu gosto de sair do Brasil com tudo comprado pq me organizo melhor assim.

  22. Diogo disse:

    Ola, eh uma boa ideia ir de Paris para carcassone de tgv, alugar um carro e subir por bordeaux ate o vale do loire? Vou olhar distancias no google, mas queria saber se a logistica funciona. Existe trem de carcassone pra bordeaux e depois pro loire? Mto obg

    • Lina disse:

      Diogo
      Paris é o centro. Raras são as conexões diretas entre cidades do interior da França.Por isso a melhor solução é trem até Carcassone e depois carro até o Vale do Loire. Mas quando devolvemos o carro em cidade diferente pagamos muito mais caro.
      http://www.voyages-sncf.com/
      No site acima, estatal francesa, compro minhas passagens de trem. Dê uma olhada, talvez encontre soluções interessantes.

  23. Jade disse:

    Visitei Carcassone em março e fiquei num hotel ótimo com vista para as muralhas e quero compartilhar a dica: http://www.lemontmorency.com/#/fr/intro/

  24. Adorei o post! Fomos a Carcassonne em junho/2010 e fizemos 02 posts sobre a cidade. Realmente um lugar encantador.
    Olá Kati, então você vai conhecer a “Terra encantada”? Carcassonne é belíssima!
    Dormimos 02 noites lá, foi como uma lua de mel express…
    As pessoas geralmente vão à Carcassonne passar o dia, mas é quando as “excursões” vão embora que se acende o encanto da cidade.
    À noite, a iluminação cênica deixa La Cité ainda mais bela.
    A cidade tem uma rica enogastronomia. Acho interessante hospedar-se dentro das muralhas (recomendo muito o hotel que ficamos – Le Donjon, e você o citou).
    Na entrada das muralhas tem 02 hotéis bem interessante que fomos conhecer: Hôtel du Château – http://www.hotelduchateau.net/#/fr/intro/ e Hotel Montmorency – http://www.lemontmorency.com/.
    Para quem gosta de vinhos, não deixe de ir na Comptoir des vins et terroirs Vinotheque – Bar a Vin, em frente ao Le Donjon, e de comer um cassoulet (prato típico) no La Villa – Jardin de L’eveque ou no Le jardin de la Tour.
    Abraços e bon voyage
    Bon voyage

  25. Madá disse:

    Odone,
    Também adorei seu relato. Já tinha ouvido falar nos penichettes, acho que a Claudia Oiticica mencionou esse passeio alguma vez aqui. Eu adorei Carcassone, mas essa ideia de ir devagar pelo canal me encanta muito. Vou criar coragem com seu relato. Bem que vc poderia fazer um post para a Lina colocar aqui no CP.

  26. Eduarda disse:

    ODONE,

    Estou muito interessada nas suas dicas para esses roteiros com penichette.
    Se vc autorizar e a Lina puder fazer o favor de me passar seu e-mail, eu agradeço muito!

    Um abraço,

    Eduarda

  27. Nilza Freire disse:

    Retificando, fui pesquisar e verifiquei que houve Papas que residiram em Avignon no Séc XIV, nao em Carcassone… Excusez-moi…

  28. Nilza Freire disse:

    Olá a todos! Primeiramente, meus cumprimentos a Claudia, essas informações sao preciosas para qualquer pessoa que ame a Franca, grupo em que eu me incluo. As fotos aumentam a vontade de conhecer, ouço falar nela desde 1989, quando meu amigo francês Herve contou-me um pouco sobre Carcassone, e, se nao me engano, já foi morada de Papas antes da existência do Vaticano, ou qualquer coisa semelhante, perdão aos historiadores caso esteja misturando alhos com bugalhos… Rsrsrs…
    Amo cidades medievais, conheci poucas ate hoje, mas lembro de ter me apaixonado por Toledo, cidade espanhola. A vista aérea lembra bastante, os muros… Que coisa fantástica que sao esses locais… Já foi para o roteiro junto com Albi, obrigada mesmo! Abraços a todos!

  29. Odone Bisaglia Filho disse:

    Estive em Carcassone em Setembro/Outubro. Foi assim: TGV do Charles de Gaule até Narbonne. Taxi até Argens( uma microcidade à margem do Canal du Midi) embarque numa penichette num total de 4 pessoas. O simpático barquinho tem duas suites e é navegado pelos próprios passageiros sem necessidade de habilitação. Muito fácil de navegar…e muito divertido! O modelo é FB 1120. O barco é equipado com bicicletas. São 7dias até chegar em Négra, outra microcidade no mesmo canal. Passamos por 58 eclusas e por diversas cidades, inclusive Carcassone e Castelnaudary, esta última Meca do cassoulet. Você atraca nas cidades e as explora de bicicleta. É minha segunda vez navegando pela França com penichetes. Da primeira vez, em 2008, fizemos a região da Alsacia e desta vez, o Canal de Midi. Este canal foi construído durante o reinado de Luis XIV e é patrimônio da humanidade pela Unesco. A empresa que aluga os barcos é extremamente organizada. Fica aqui a dica: http://www.locaboat.com
    Quem quiser saber mais, pode perguntar! É muito bom!

  30. [...] nesta região vale a pena conhecer as cidades de Toulouse, Carcassone e o viaduto de Millau. O ideal seria dormir duas noites por [...]

  31. Cristina disse:

    Olá,

    Sempre que posso dou uma olhadinha nesse site, mas nunca escrevi aqui. Em outubro, estive em viagem turística à Europa por 23 dias e uma das cidades visitadas foi justamente Carcassonne. Incluí Carcassonne no meu roteiro porque tenho verdadeira paixão por História Medieval. Adorei ter visitado a cidade, e a única coisa que lamento foi que no dia em que estivemos lá a Basílique de Saint Nazare estava fechada para uma gravação de um filme para televisão do livro Labirinto, da escrotira inglesa Kate Mosse (o engraçado é que quando perguntei porque a catedral estava interditadam entedi que era um filme da “Kate Moss”. Só entendi o que se passava depois quando retornei ao Brasil e busquei informações

    Bem, se ainda servir para a Zenaide, eu foi à Carcassonne de trem, indo diretamente de Paris à Narbonne de TGV (5 horas de viagem) e depois de Narbonne à Carcassonne de TER (Trem Expresso Regional), numa viagenzinha curta de 30 minutos.

    MInha frustração com a Catedral de Saint Nazare fechada só foi compensada pelo fato de que depois de Carcassonne, eu fui à Barcelona, de trem também, e passei novamente em Narbonne fazer a comnexão com o TGV até Figueres Vilafante. Como a conexão ali em Narbonne era de quase duas horas, deixei minha mala com minha mãe e fui a pé até a Catedral de Narbonne, a Catedral de Saint Just, que é muito parecida com a de Carcassonne. LInda a visita, valeu a pena ter me aventurado fora da estação!

    Por fim, queria deixar aqui também uma sugestão de hotel em Carcassonne. Não pudemos ficar nos dois hotéis da “cité” porque tanto o Donjon como o hotel de la cité não tem quartos triplos (estávamos em família: eu, minha mãe e meu irmão). A solução foi encontrar outro hotel fora das muralhas. Pelo Booking.com, encontramos uma pérola de hotel:” Demeure Saint Louis”. É uma pousada, administrada pelo próprio dono e fica bem no sopé da cidadela murada, perto da Ponte Nova. Dá para ir caminhando até a cité, não leva mais do que 10 minutos. Quartos lindos, confortáveis, bem decorados, espaçosos e muito limpos. Foi um dos melhores hotéis de nossa estadia européia. Para quem não consegue ficar dentro da cité, esta é uma boa opção.

  32. ZENAIDE disse:

    OLA BET H

    POR GENTILEZA COMO FAÇO PARA CHEGAR EM CARCASSONNE. ESTAREI EM PARIS.GOSTARIA DE FAZER ESTE TRAJETO DE TREM.

    OBRIGADA

  33. Marina disse:

    Carcassone é uma gracinha!!

    Estive lá no começo de 2008…é muito interessante!
    Vale a pena a visita!

  34. Beth disse:

    Ronaldo
    Dois dias em Carcassone é o suficiente…

  35. Ronaldo Oliveira disse:

    estou saindo de barcelona e indo em direcao a Bordeaux. A pergunta é, quantos dias vc acha que sao suficientes pra conehecer a cidade de Cascassone?
    Parabens pela materia. Muito boa!!

  36. Luciana Guimaraes Carvalho disse:

    OI Lina,

    O post esta excelente! Estive em Carcassone em 2007 e realmente e fascinante! Li o livro O Labirinto da Kate Mosse e recomendo a todos, pois eh um mergulho na historia e muitos momentos me fizeram lembrar dos lugares por onde andei no castelo.
    Parabens pela iniciativa!
    Abraco

Próximos 50 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.