Desde o dia 1° de maio 2016 o Bolero de Ravel, uma das obras orquestrais mais tocadas no mundo, entrou para o domínio público 88 anos após sua primeira interpretação na Opéra Garnier de Paris. Todos os jornais franceses anunciaram o fato por causa das somas colossais que os herdeiros passaram a receber a partir da morte do músico francês.

Dizem que uma execução do Bolero começa a cada dez minutos em algum lugar do mundo.

Ravel compôs o Bolero à pedido de Ida Rubinstein, dançarina famosa do início do século 20. Após criar seu próprio grupo, Ida pediu uma obra a Ravel, uma obra que lembrasse a Espanha.

O encontro entre os dois criou um balé que nos mergulha no sul da Espanha. Em uma taberna, uma cigana sobe na mesa e dança o Bolero. Todos os homens a seguem, a admiram e a dança se torna cada vez mais intensa e sensual.

O Bolero fez rapidamente um sucesso planetário. Nestes 88 anos de existência ele foi interpretada por Toscanini, Ozawa, Abbado, Boules etc e inspirou várias coreografias, sendo a mais conhecida a de Maurice Béjart, criada em 1961.

O Bolero de Ravel ficou até 1994 no primeiro lugar mundial dos direitos autorais.

Ravel adorava a Espanha e criou a melodia do Bolero um dia, em Saint Jean de Luz, antes de sair para nadar.
Apesar do seu imenso sucesso, Ravel não apreciava muito seu Bolero. Ele o considerava uma obra vazia de música.

Uma obra onde o ritmo não muda do princípio até o fim. E, em termos de melodia, temos somente duas frases. Uma, tocada pela flauta que em seguida vai ser tocada pela clarineta. Depois temos a segunda melodia e elas serão repetidas por todos os instrumentos da orquestra durante 17 minutos.

Estes 17 minutos representam uma experiência do músico, que desejou criar um trecho constituído de um único e longo crescendo sem interrupção. O som será cada vez mais forte. No início da obra, somente um instrumento fornece o ritmo, depois a flauta introduz a melodia. Aos poucos todos os instrumentos são tocados ao mesmo tempo para mostrarem o poder da orquestra.

De acordo com Ravel, o ritmo do Bolero tem que ser calmo e dizem que em maio de 1930, o famoso chefe de orquestra Toscanini tocou a obra duas vezes mais rápido do que o desejado pelo compositor que se encontrava na sala. No final, este último recusou a cumprimentar Toscanini, que respondeu a Ravel: você não entende nada da sua música. Ela não terá sucesso nenhum se não for interpretada da minha maneira. E Ravel respondeu: então não a interprete nunca mais.

Fontes: Mediathèque Cité de la Musique e FranceMusique.fr

MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.