Église de la Madeleine

Église de la Madeleine

Quando caminhamos pelo centro histórico de Paris e descobrimos pela primeira vez a Igreja Madeleine ficamos intrigados. Seu aspecto exterior é mais próximo de um templo grego romano do que dos outros edifícios religiosos da cidade.

Mais intrigados ainda ficamos quando viramos as costas para a Madeleine e percebemos, do outro lado do Sena, uma construção similar com colunas na fachada.

A construção da Madeleine durou 85 anos por causa dos problemas políticos da época. O projeto inicial foi de uma igreja, mais tarde templo dedicado à gloria das Forças Armadas, em seguida quase virou estação ferroviária, e no final, em 1845, Napoleão retornou à primeira proposta.

Assembléia Nacional vista da Madeleine. Tim Lam no Flickr

Assembléia Nacional vista da Madeleine. Tim Lam no Flickr

A decisão do estilo inspiração romana foi de Napoleão. E foi ele também que mudou a fachada da Assembléia Nacional dando à ela a mesma configuração arquitetônica. Foi criado assim, dos dois lados do Sena, rive droite e rive gauche, um face a face histórico entre as colunas dos dois monumentos.

Fahada. Damien Roué no Flickr

Fahada. Damien Roué no Flickr

No exterior, além das colunas, o froton monumental da Madeleine também chama atenção : D.O.M. SVB. INVOCAT S. MAR. MAGDALENÆ, “Deus todo podereso e grande, sob a invocação da Santa Madalena”. Ele descreve o último julgamento, com Maria Madalena ajoelhada à direita de Cristo.

Altar da Madeleine. Foto arquivo do Conexão Paris

Altar da Madeleine. Foto arquivo do Conexão Paris

O opulento interior da igreja contrasta com a severidade do seu exterior. O plano interno lembra a arquitetura de templos e termas romanas.

Interior da Madeleine. Os Rúpias no Flickr

Interior da Madeleine. Os Rúpias no Flickr

Sua fresca é reconhecidamente uma bela pintura da época. Ela represena a história do cristianismo com o personagem central presidindo, à direita a história oriental e, à esquerda, a ocidental.

Orgão Madeleine. Thomas Favre-Bulle no Flickr

Orgão Madeleine. Thomas Favre-Bulle no Flickr

Seu famoso orgão tornou a Madeleine um dos lugares privilegiados para concertos de música sacra.

Lateral exterior da Madeleine. Foto arquivo do Conexão Paris

Lateral exterior da Madeleine. Foto arquivo do Conexão Paris

A Madeleine se encontra em um dos pontos mais importantes de Paris, nas proximidades do Palácio do Govêrno e da Embaixada dos USA, implantada na praça mais gastronômica da cidade, perto da Opera Garnier e do centro de consumo de Paris, o boulevard Haussmann.

Por sua história e pelo lugar que ela ocupa no espaço urbano parisiense, Madeleine deve ser visitada.

Karen Goldman, chef brasielira radicada em Paris, oferece dois tours gastrômicos por Paris. Um deles pela região da Madeleine. Clique aqui para conhecê-los. Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

capa

O guia ‘5 Roteiros em 4 Dias’ é ideal tanto para quem está indo pela primeira vez a Paris, quanto para aqueles que já visitaram a cidade e desejam descobrir os segredos dos parisienses. São 5 roteiros exclusivos que podem ser percorridos em, no mínimo, 4 dias. À venda no nosso site Minha Viagem a Paris. Acesse para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.