Artigo escrito pelo blog Berlimais

O inverno em Berlim pode ser bastante rigoroso. Fevereiro costuma ser o mês mais frio, com temperaturas em torno de zero graus, uns graus acima, outros abaixo. Pode acontecer de uma semana baixar bastante a temperatura (-5 graus, até -20 graus). Pode também acontecer de ter dias lindos ensolarados fazendo 7 graus acima de zero, como neste fim de semana. Enfim, arrume a sua mala para o frio, com possibilidade de ser muito frio. Como aproveitar a cidade nestas condições? Aqui reúno algumas dicas de como se vestir, o que fazer, e o que comer durante o inverno. Se quiser ler sobre como eu aprendi não só a lidar com ele, mas também a gostar do inverno em Berlim, leia mais no nosso blog, Berlimais.

Como se vestir

Há uma diferença enorme se você planeja passar o dia fazendo um walking tour de 4 horas, ou se terá um dia em locais fechados, como museus, restaurantes. No primeiro caso, são necessárias precauções iniciais; no segundo, apenas o de praxe: um bom casaco de inverno, um sapato também apropriado, e um cachecol grosso de lã. Eu, por exemplo, quando está em torno de zero graus, não uso nem luva nem gorro. Agora, se o plano é passear na rua, é melhor estar preparado para o frio.

Berlim no inverno

Berlim no inverno

Neste caso, são indispensáveis:

– gorro ou chapéu tampando as orelhas

 luvas revestidas com algum material quentinho (só uma luva básica de couro não aguenta)

– um cachecol grosso, de preferência de lã (há alguns da Zara que são quase um cobertor)

– uma meia-calça de lã ou térmica por baixo da calça (meias térmicas podem ser compradas nas drogarias Rossmann ou DM, nas lojas de departamento C&A e Karstadt, e em lojas como Uniqlo)

– sapato próprio de inverno (precisam cobrir os tornozelos e ter solas grossas, que isolem o frio que entra por baixo)

– usar uma meia de lã e/ou uma palmilha contra o frio (algumas de lã, outras sintéticas; são vendidas em lojas de sapato e também nas drogarias Rossmann e DM)

– três camadas na parte de cima: uma camiseta de algodão por baixo (ou térmica); um pullover quentinho (seja de lã, ou fleece pullover, destas marcas esportivas), e por fim um casaco de inverno.

– o casaco de inverno mais apropriado tampa bem a entrada do ar pelas mãos, cintura, pescoço. Ainda mais quentinho é quando o casaco tampa também o bumbum.

Berlim no inverno

Berlim no inverno: casacos da Uniqlo por 50 ou 60 euros

O que comer

No inverno o corpo pede mais calorias, então aproveite! Para o café da manhã, desfrute do pão alemão que é rico em nutrientes, dos queijos diversos, gordos e magros, das geléias deliciosas, e dos iogurtes incríveis que há por aqui! Nos domingos, não deixe de conhecer um famoso brunch em Berlim. O inverno é época de almoçar e jantar pratos quentes, na minha opinião. Aproveite para conhecer a cozinha tradicional alemã, que é relativamente “pesada” para os nossos costumes atuais, porque é uma típica comida de fazenda: joelho de porco, chucrute, batatas assadas, carnes diversas. Abaixo a foto do joelho de porco (Haxe, quando grelhado, Eisbein quando assado) com chucrute (Sauerkraut).

Berlim no inverno

Berlim no inverno, joelho de porco

À tardezinha, é a estação perfeita para se deliciar com a tradição alemã do café com bolo (leia mais aqui). Durante os passeios guiados à pé, nada como um chocolate quente (como o maravilhoso Fassbender & Rausch, no Gendarmenmarkt).

Berlim no inverno

Berlim no inverno

Berlim no inverno

Berlim no inverno

O que fazer

O inverno é uma estação ideal para aproveitar a gigantesca oferta cultural de Berlim: museus de história, de ciência, de arte, de curiosidades; galerias de arte; óperas, teatros, espetáculos de dança; peças de teatro. Além disso, vale a pena descobrir a vida noturna, “os inferninhos” de Berlim, também conhecida como cidade das festas. Há festas que começam na sexta e vão até domingo; você ganha um “carimbo” na mão e pode ir e voltar. Programas mais saudáveis são os spas, centros de “wellness”, e saunas. Há toda uma cultura de ir à sauna no inverno. Quando neva, fica ainda mais bonito e diferente, sair da sauna finlandesa de 90 graus e ir para o pátio aberto direto para respirar ar fresco, com a neve caindo sobre o corpo ainda quente! Um choque térmico e cultural que fazem muito bem!

Berlim no inverno

Berlim no inverno

Teatro de Bertold Brecht, o Berliner Ensemble.

Clique aqui para conhecer Berlimais.

Informações do Conexão Paris: Como ir para Berlim saindo de Paris.

  • Avião: a viagem de avião dura 1h40. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.
  • Trem: a viagem tem cerca de 8h10 de duração mas pode variar dependendo da época, hora e dia da vigem. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.
  • Carro: passando pela Bélgica e depois cidades como Colônia e Dortmund na Alemanha. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.

Bolas de Natal em Cristal da AlsáciaAcesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.