Há alguns dias, publicamos um post descrevendo a Parisiense BoBo. Hoje é dia de descrever um estilo bem oposto: a Parisiense bling-bling.

O texto foi escrito por Dione Occhipinti, autora dos guias Paris Moda: do alto luxo ao luxo acessível e O Bom & Barato das Compras em Paris. A partir de anos de observação, Dione e sua sócia “categorizaram” a mulher parisiense em oito perfis bem distintos: BCBG (Bon Chic Bon Genre), BoBo, bling bling, bio-addictmodeuse (que segue as tendências), intelo (intelectual), workaholic e fashionista

Cada uma tem um estilo bem específico de vida, que se reflete no estilo de se vestir. Achamos a proposta bem divertida. Abaixo, deixamos Dione descrever como ela vê a parisiense bling-bling.

Por Dione Occhipinti

Bling-bling é uma onomatopéia utilizada para reproduzir o barulhinho das joias em movimento. O termo é, muitas vezes, usado pejorativamente para nomear alguém que é o contrário do discreto e diz respeito à sua identidade visual: as roupas, acessórios, maquiagem, cabelo etc.

Nesse contexto o termo significa ser “novo rico”, fanfarrão. Pessoas que adoram brilhos, lantejoulas, jóias e carrões. O ex-presidente Nicolas Sarkozy foi ferrenhamente criticado e chamado de bling bling por seu estilo de vida. Desde ostentar um relógio Rolex chamativo no pulso até comemorar sua vitória nas urnas no requintado restaurante Fouquet’s localizado na Avenue Champs Élysées.

A parisiense bling-bling não se importa em chamar a atenção em razão dos ornamentos que ostenta. Usa e abusa de acessórios, tem cabelo platinado e escovado feitos no cabeleireiro, usa bastante maquiagem e roupas dignas de nota como Versace, Dolce & Gabbana, Roberto Cavalli.

(A parisiense discreta considera a moda italiana muito “bling-bling”. Prefere a elegância discreta de Yves Saint Laurent, Chanel e Christian Dior.)

Esse é o estilo de muitas atrizes, ex-modelos e apresentadoras de TV, que ocupam posições de destaque em revistas como Voici (espécie de Caras francesa), e são chamadas pelos franceses de “people”.

Mas o termo não é sempre usado negativamente para se descrever os excessos, ou referir-se àquelas que se vestem como uma árvore de natal. Tenho amigas e clientes que me apresentam seu estilo como sendo “super bling-bling, adoro tudo que brilha”. Ela gosta sim de ser diferente, de ser arrojada, e se sente muito bem com isso!

Uma francesa que representa bem esse estilo é a atriz e apresentadora de TV Célyne Durand. Loira, linda, exuberante, ela adora combinar belíssimos vestidos provocantes com muitos acessórios de efeito.

Celyne-Durand-par-ci_portrait_w858

A apresentadora de TV Célyne Durand, em Cannes

Não é à toa que ela foi a estrela da campanha do joalheiro Edouard Nahum!

Foto da campanha do joalheiro Edouard Nahum com apresentadora Célyne Durand

Foto da campanha do joalheiro Edouard Nahum com apresentadora Célyne Durand


GuiaModaCapa

Dione Occhipinti é autora do guia de moda e compras Paris: do alto luxo ao luxo acessível. Um mapa do tesouro fashion com todos os endereços importantes e mais os segredinhos que só os parisienses conhecem. À venda no site Minha Viagem Paris.