Escadas entre o Musée d’Orsay e as margens do Sena

Novidades nas margens do Sena.

Foi inaugurado, há dias atrás, o grande projeto do prefeito Delanoe de restituir as margens do Sena aos pedestres. Para isto foi necessário eliminar os carros para transformá-las em lugar de passeio, lazer e descanso.

Na rive gauche, da ponte Alma até o port Solférino, um dos pontos mais nobres da cidade, quer dizer, da torre Eiffel até o museu Orsay, temos agora 2.3 quilômetros para flanar.

Barco/restaurante ao lado de uma das pontes do Sena

Neste trajeto encontramos 1.800 m2 de  jardins flutuantes, bares, restaurantes, kiosques de sanduíches.

Muro para escaladas

Topamos com equipamentos esportivos, muros para escaladas, pista de atletismo, brinquedos.

Quadra de tênis

As crianças possuem vários espaços com jogos e tendas para festejar aniversário.

Áreas de repouso

Desde o início das obras segui com atenção este projeto que me agrada muito. Infelizmente, como estou longe, ilhada na Córsega, não pude participar da inauguração.

Créditos: fotos e informações tiradas de artigo assinado Benoît Léty do site Et Vous.fr.