por Rodrigo Lavalle

Durante as duas últimas semanas aconteceu aqui em Paris a semana de moda com os lançamentos para a primavera/verão 2013. Nesse período específico do ano a cidade fica ainda mais vibrante e frenética. Como os desfiles acontecem nos quatro cantos de Paris – desde garagens sujas até hoteis chiquérrimos – a gente acaba esbarrando nos personagens desse universo pela cidade toda. Modelos no metrô carregando seus books e seus mapas, editoras e jornalistas nas lojas do momento, fotógrafos nos cafés… O mesmo sentimento de excitação e novidade de quando o circo chega à cidadezinha do interior.

Fui até a porta de vários desfiles para fotografar os looks mais interessantes de quem chegava. Uma das coisas que mais me chamou a atenção nesse ambiente ‘porta de desfile’ foi a relação entre fotógrafos e fotografados.

Semana de moda em Paris

A foto

Os profissionais do mundo da moda são o alvo habitual dos fotógrafos. Alguns, como a editora da Vogue japonesa Anna Dello Russo, se esmeram usando roupas que foram desfiladas no dia anterior. Outros, como o editor da revista W Edward Enninful, parecem que estão indo para a academia. Eu não gosto do estilo da Dello Russo, inclusive acho que ela não tem estilo! Usar a roupa tal e qual foi desfilada incluindo os acessórios e truques de styling é ser vítima da moda.

Semana de moda em Paros

Convidada de um desfile

Algumas pessoas, geralmente as que não têm convite, também super capricham na produção. O intuito é impressionar e por consequência conseguir entrar nos desfiles. Na verdade, muitos se contentam em simplesmente serem fotografados pela imprensa tradicional ou pelos blogs de moda. Às vezes os 15 segundos de fama são mais importantes (e massageiam mais o ego) do que assistir ao desfile em si. Percebi que várias dessas pessoas ‘montadas’ eram elas mesmas blogueiras de moda. Umas tirando fotos das outras em um processo de auto-alimentação fashion.

Editoras de moda

Blogueiras-fotógrafas

Os fotógrafos também têm suas manhas e manias. Após muito tempo fazendo esse tipo de trabalho, a maioria acaba ‘viciada’ em certas pessoas e em certos looks. Porém basta um deles abordar alguém que passou desapercebido para que o enxame se aproxime.

Semana de moda em paris

Fotógrafos em ação

Independente das questões de ego, marketing e superficialidade esse ambiente é tão rico e instigante quanto uma ida ao museu.