Vocês citaram no Conexão Paris  muitos livros sobre Paris ou obras que  transformam Paris em personagem principal. Algumas dicas eu me lembrei de anotar. Abaixo o nome do leitor e os livros citados. Peços desculpas pelas citações que me escaparam. Por favor, sejam pacientes e contribuam de novo.

 Eymard:

.Paris de Colin Jones. Daqueles livros para voltar a ele sempre.

.O Proxima estação de Lorànt Deutsch. O passeio pelos 21 séculos é quase despretensioso. Mas o que eu achei mais interessante foi poder “interagir” com o autor completando com visitas virtuais pelo google maps, street view. Eis uma grande ferramenta de interação entre leitura e mundo virtual.

.O cemitério de Praga de Umberto Eco. O cenário é Paris no fim do séc XIX (1897). Muitas intrigas na velocidade de Eco.

.Bouvard e Pecuchet de Flaubert. Nada a ver com Mme Bovary. Um romance com cara de ópera bufa. Mais atual do que nunca nesses tempos de Dr. Google.

.Casados com Paris de Paula Maclain. História de amor e traição do jovem casal Hemingway nos loucos anos 1920. Achei interessante a ideia. É um romance. Mas a autora usou fontes históricas (personagens reais, histórias reais). Vem bem a calhar com o filme “Meia Noite em Paris”. Mas nada posso dizer do livro pois não li. Apenas gostei da orelha, de algumas páginas que li na própria livraria.

.Os Deuses tem Sede de Anatole France. Um romance da pós revolução muito interessante.

.Paris é uma festa de Ernest Hemingway e sua contraface atual: Paris não se acaba de Vila-Matas. Dois livros muito diferentes um do outro mas com o mesmo sabor de viver Paris.

 LuciaC:

.Essência do Estilo de Joan DeJean, autoridade americana em cultura francesa, especialidade séc XVII. Não foi ao acaso que Paris tornou-se a capital do luxo.

.Adeus aos Escargots do jornalista americano Michel Steinberg. Disseca burocracia francesa, a tirania Michelin e termina com um elogio a salade niçoise de Yves Camdeborde.

.Une Histoire de Paris do inglês siderado na França: Graham Robb. Quinhentas páginas, estou estacionada na página 182 faz 3 meses!

.Descoberta da França, uma jornada histórico-geográfica da Revolução à Primeira Guerra Mundial também de Graham Robb onde relata seu passeio de bicicleta pela França.

.Angelique de Anne e Serge Golon. Cheguei a acreditar que Angelique havia mesmo existido, vivido na corte, tamanha credibilidade aos fatos. Acho que agora só se encontra para comprar nos sebos.

.Os Reis Malditos, Coleção imperdível! De Maurice Druon (Academia Francesa de Letras e um pouco de sangue brasileiro correndo nas veias).

Heloisa Luz:

.Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust. Estou falando da adaptação deste clássico da literatura francesa: três volumes, em quadrinhos, com narração do próprio Proust. Adaptação e desenhos de Stéphane Heuet, tradução e notas de André Telles. Jorge Zahar Editores.

Anna Francisca, Lenna e Eliana Barbosa:   

.Casados com Paris de Paula Mclain.  Delícia de leitura. Flui bem.

 Letícia Tórgo:

.Um livro por dia de Jeremy Mercer conta a história de um jornalista que ficou hospedado por um bom tempo na Shakespeare and Company

.Tete-a-tete de Hazel Rowleya, biografia sobre o romance de Sartre com Simone de Beauvoir.

Joe:

.Paris era ontem (1925-1939). Janet Flanner descreve a Cidade Luz durante seus anos de brilho mais intenso.

Maria Cristina:

. Os exilados de Montparnasse de Jean-Paul Caracalla. Revive lembranças do início do século XX de um modo cativante e instrutivo.

. Os segredos das mulheres francesas de Mireille Guiliano. Conselhos sábios e irresistíveis da decantação do vinho aos demais prazeres que encantam os franceses.

. Mulheres francesas não dormem sozinhas de Jamie Callan.

Alzira:

.Os Anos Loucos, de William Wiser. Ele relata o período em que escritores, pintores, músiscos e bailarinos convergiram em bloco, num momento único da historia da cidade.

Maria das Graças:

.Na Pior em Paris e Londres do George Orwell.

Daniela:

.Notre Dame de Paris, do Vítor Hugo. E um outro que não sei se já saiu em português, chamado Americans in Paris! O primeiro dispensa comentários e o segundo trata dos americanos em Paris, pós primeira guerra mundial!

Katya Leitzke:

.Maria Antonieta, da excelente Antonia Fraiser: desmistifica completamente o personagem da rainha vulgar, fútil e culpada de tudo.

.O terror, de David Andress: muito bom, mas difícil de ser encontrado.

.A Sombra da Guilhotina, de Hilary Mantel. Mostra revolução através da visão de Robespierre, Danton, Camille Desmoulins.

. Varennes, a morte da realeza, de Mona Ozouf e Robespierre, virtude e terror, que é nada mais nada menos do que a seleção de alguns discursos e textos do próprio, comentados por Slavoj Zizek. Achei um único exemplar numa bienal do livro em SP e me agarrei nele!

Ricardo Mavigno:

.Paris: The Secret History de Andrew Hussey um livro interessante.

Jacqueline:

.Arco do Triunfo de Erich Maria Remarque situa a ação em Paris. Ele narrou magistralmente as angústias e incertezas de seres ameaçados, marionetes em situações sem saída durante as duas guerra do século XX.

Jacqueline e Jane Curiosa:

.Moulin Rouge, de Pierre La Mure.

Fabiana:

.Adeus aos Escargots: interessante para quem adora a gastronomia, principalmente a francesa;

.Anna e o beijo francês: é mais para aborrecente, mas é uma opção para ver os dilemas de alguém que sai do seu país e vai morar na França;

.Vinho e guerra: livro mais histórico mas que trata da ocupação da França pelos nazistas e os impactos no vinho.

.My life in France, Julia Child

.Mulheres francesas não engordam, de M. Guiliano: um dos meu preferidos, sobre a cultura e hábitos franceses.

Jane Curiosa:

.Guerra e Moda de Dominique Veillon. Historiadora, não abandona a crítica ao consumo exacerbado nem o efeito deletério da ocupação alemã na França.

. Noventa e três de Victor Hugo.

. Las Condesas de la Gestapo de Cyril Eder. Na página 171, ele nos dá um relance sobre um episódio envolvendo Coco Chanel e sua viagem com Louis de Vaufreland à Espanha.

Marcos:

.Rainha da ModaComo Maria Antonieta se vestiu para a revolução. À primeira vista me pareceu uma grande bobagem mas revelou-se agradável surpresa: prosa fluida mesclando elementos biográficos, história e sociologia da moda. Certamente vai agradar aos francófilos de plantão do CP.

Renata:

. Le Père Goriot  de Balzac. Uma sugestão para quem quiser saber como era a sociedade parisiense da era Pré-Haussmann.

Nilza Freire:

.História Secreta de Paris, de Andrew Hussey fala dos escaninhos da evolução da cidade, das guerras. O autor desmistifique alguns fatos tidos como “verdades absolutas” provando que a Historia é romanceada para se tornar menos contundente e mais leve.

 Joenilson:

.Revolução Francesa do Max Gallo, “excelente”, permite o conhecimento em detalhes de como se deu a autofárgica revolução francesa e como a mesma mudou o mundo e nos leva a conhecer uma Paris do século XVIII nada glamourosa, mas que serviu para deixar a cidade como ela é hoje: Bela e Intelectual.

Adriana Pessoa:

.Condessa de Barral/A paixão do Imperador de Mary del Priore. O livro trata de Luisa Margarida Portugal e Barros, a futura Condessa de Barral. Uma mulher a frente do seu tempo, que estudou e viveu em Paris.

Rogério:

.Sleeping With the Enemy Coco Chanel’s secret warA elegancia de Chanel a serviço de Hitler.

Cristiana Pereira:

.E foram todos para Paris de Sérgio Augusto.

Captura-de-Tela-2013-06-05-às-14.22.241-211x284

Evandro Barreto é um apaixonado por Paris. E apaixonado também pelas boas mesas. Dessas duas paixões, nasceu o livro Na Mesa Cabe o Mundo que você compra clicando aqui.

Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.