Benjamin Biolay é talvez o nome mais promissor da música francesa atual. Com 10 anos de carreira recém completos, o artista é uma destas personalidades multi-facetadas que está sempre presente em grandes lançamentos de boa música francesa. Além dos seus próprios discos, Biolay já produziu álbuns de artistas como Coralie Clément (sua irmã), Carla Bruni, Isabelle Boulay e Keren Ann. Além disso, ele já compôs para alguns gigantes da chanson française, como Henri Salvador, Juliette Greco, Françoise Hardy e Sylvie Vartan,

Seu primeiro disco, o Rose Kennedy é, na minha opinião, uma obra prima cheia de canções doces que rendem homenagem a Marylin Monroe, usando samples da sua voz que são integrados de uma maneira muito sutil dentro das canções de Biolay. Neste disco, estão presentes algumas das minhas faixas favoritas como Les Cerfs Volants, Un été sur la cote e Les Roses et les promesses.

Por causa dos dez anos desde o seu primeiro disco, a EMI lançou uma coletância Best of de Benjamin Biolay na última segunda e o lançamento foi comemorado com a presença do compositor na Fnac Ternes, em Paris. Como eu estou na Cidade-Luz, claro, não perderia por nada esta oportunidade de ver de perto um dos meus favoritos da nouvelle scène française.

Eventos desse tipo são comuns nas lojas da Fnac em toda a França e, por serem gratuitos, tive que chegar duas horas antes. Aos poucos, foi chegando mais gente e a mulher que se sentou do meu lado logo me perguntou: Tu penses qu’il va jouer? e eu respondi que não, pela distância do piano e pela ausência de técnicos de som, ele provavelmente não tocaria nada. Achei engraçado ela me tratar por tu, uma vez que ela não me conhecia e eu certamente não tinha dado a liberdade, mas tenho a impressão de que o elo que une os fãs dispensa mesmo a formalidade do vous.


A entrevista não foi muito longa e eu não entendi completamente tudo o que foi dito, mas, mesmo com o meu francês precário, pude notar que Benjamin Biolay estava sendo simpático e bem humorado. O entrevistador já abriu com uma pergunta levemente polêmica, ressaltando o fato de que o lançamento de um Best of não foi exatamente uma escolha de Biolay. Ele respondeu politicamente, dizendo que não, que era mesmo idéia da EMI e que, por questões contratuais, eles poderiam lançar o disco mesmo sem o seu consentimento e, por isso, ele fez questão de se envolver no trabalho e está contente com o resultado.

Depois disso, ele mencionou uma informação muito interessante que eu não tinha a menor idéia. Biolay foi convidado este ano  a fazer parte de um projeto que visa resgatar músicas inéditas gravadas a capella por Henri Salvador antes de sua morte, e arranjá-las para lançar um disco no ano que vem. Quis saber o nome do projeto, mas, quando a entrevista foi aberta para perguntas, os espectadores estavam tão cheios de questões para Biolay que não tive chance. Vou descobrir e, com certeza, este disco será assunto para alguns posts aqui no Conexão Paris.

Foto de DJ Penelope

P.S.: Depois das perguntas, Biolay, simpático e atencioso, fez dedicatórias para toda uma fila de fãs que se apertaram para chegar perto do cantor. Quando chegou a minha vez, eu disse para ele que era brasileira e que tinha um blog de música francesa. Ele foi super simpático, quis saber o endereço do blog e de onde eu vinha no Brasil e escreveu Bejos na dedicatória.


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.