Nada mais fácil do que uma ida e volta a Reims de trem. As passagens podem ser compradas na hora, na Gare de l’Est. Eu peguei o trem em torno das 10h30 da manhã.

Antes de entrar no trem, não se esqueça de validar a passagem nestas maquininhas.

A viagem é curta e em menos de uma hora o trem chega a Reims, terra do champagne. Antes de iniciar as degustações, comi um sanduíche gostoso na estação mesmo e em seguida peguei um táxi para a sede do champagne Pommery.

Eu tinha uma reserva feita por telefone e como cheguei cedo, a casa me propôs uma degustação antes da visita das caves. Já que tinha chegado até lá, achei melhor fazer tudo muito bem feito e optei pelo melhor champagne da Pommery, o Louise. Aconselho a todos a mesma opção.

Por esta porta começa a descida em direção às caves.

Esteja preparado para temperaturas em torno de 12° e 14°.

Ande por ambiente mágico de túneis na penumbra e milhares de garrafas de champagne empoeiradas.

Após a visita da Pommery fui a pé até a sede da Veuve Clicquot, uns cinco minutos de caminhada. Eu aconselho a visita em duas caves. Pela degustação, é claro, e pela diferença da abordagem de cave em cave.

Aqui a visita começa com um pequeno resumo da história da marca.

Em seguida lá vamos todos em direção às caves de contos de fadas, lanterninha acesa nas mãos.

De volta à realidade, nova degustação. Ao término, a recepcionista pediu um táxi que me levou de volta até a estação ferroviária.

Peguei o trem das 18h19 para Paris.

Preste atenção em um detalhe importante. O trem pode ser muito longo, com vários vagões. No cais de embarque, procure por esta placa com um desenho do TGV e a numeração dos vagões. Verifique o lugar do seu vagão no cais. O meu, de número 16, parou em frente da placa de letra W.

Se ficar distraído em frente da letra A e seu vagão estiver em W, não terá tempo suficiente para entrar no vagão correto quando o trem chegar. Quando isto acontece, às vezes, os passageiros vão andando pelos corredores do trem em movimento até suas poltronas. Mas, com frequência, a composição dos trens é tal que a passagem de um vagão ao outro fica interrompida. Conclusão: você não consegue chegar ao seu lugar. Se o trem estiver vazio, pode se sentar em qualquer poltrona. Mas se estiver cheio, vai viajar em pé.

A viagem tem cerca de 1 hora de duração, dependendo da data e hora do trem. Compre antecipadamente, clique aqui, para garantir os melhores preços.

Outras opções para ir de Paris até Reims

  • Carro: A viagem dura em torno de 2 horas. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.
  • Ônibus: A viagem tem cerca de 2 horas de duração. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.
  • Visita guiada com a empresa ParisCityVision, clique aqui para saber mais.
  • Tour guiado privativo de carro pela região da Champagne, clique aqui para saber mais.

MinhaViagemParis1Acesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.