Este homem encontra-se no teto do Grand Palais, na avenue Champs Elysées em Paris. Ele está instalando uma colméia e o mel vendido será denominado: mel do Grand Palais.

As abelhas estão preferindo viver nas grandes cidades francesas do que no campo. Elas estão fugindo da poluição por pesticidas. A agricultura e seus métodos nada ecológicos transformaram o campo francês em zona altamente perigosa para as pobres coitadas.

Não sei muito bem quem teve a idéia de ajudar esta transformação das abelhas, de camponesas para urbanas chics. O fato é que agora elas moram nos tetos dos mais bonitos monumentos de Paris: Grand Palais e a Opera Garnier. No centro da cidade elas encontram uma diversidade de flores inexistente, hoje, no campo. E a ajuda dada pelos responsáveis destes monumentos faz parte do arsenal de gestos ecológicos e da luta pela biodiversidade.

Gostei.

www.liberation.fr

 

MinhaViagemParis1

Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.