levee.jpg

Todo país tem um emblema outro que a bandeira, uma figura emblemática específica. A águia na Alemanha, o leopardo na Inglaterra, o galo na França.

Parece que a origem está ligada à um jogo de palavras entre gallus o habitante da Gaule na época romana e gallus o animal.

O galo é o símbolo de uma França rural, em vias de desaparecer e os citadinos não são sensíveis ao seu charme. Hoje é um emblema recusado, e os diplomatas dos outros países o utilizam com mais facilidade que a própria diplomacia francesa . Oficialmente tenta-se deixar o galo como emblema nas áreas subalternas, como o esporte.

lllleeeve.jpg

Mas houve uma época que este emblema foi usado, como neste desenho representando a França vencendo a Alemanha.

cleve.jpg

O declínio do galo é o declínio dos gaulois, é o fim do nacionalismo historiográfico e mitológico. Mas a diplomacia não consegue encontrar um outro emblema histórico que seja politicamente correto. São todos marcados, ligados à monarquia ou à momentos difícieis da história francesa. Só o rei do galinheiro é neutro.

E o galo vai sobrevivendo…