Val Thorens é uma das estações de esqui mais badaladas da França. O motivo: sua altitude. A 2.300m, é a primeira estação a abrir (em novembro) e a última a fechar (em maio). A promessa de neve garantida é o que atrai não apenas os franceses, mas esquiadores do mundo inteiro.

A cidadezinha

A estação de esqui de Val Thorens é um balneário. Construída há 40 anos para abrigar uma estação de esqui de alta altitude, a pequena cidade de Val Thorens tem a vantagem de estar no meio das pistas. Ou seja, muitos dos hotéis estão literalmente nas pistas de esqui (ski in, ski out) – você já sai com os skis no pés, o que facilita muiiiito a vida.

A pequena cidade de Val Thorens se encontra a 2.300m de altitude, no meio das pistas de ski. Foto: OT Val Thorens

A pequena cidade de Val Thorens se encontra a 2.300m de altitude, no meio das pistas de ski. Foto: OT Val Thorens

Mesmo não sendo uma verdadeira cidadezinha dos Alpes – como Chamonix e Mégeve, por exemplo – Val Thorens tem restaurantes, todas as marcas de esporte (North Face, Super Dry etc.), lojinhas ótimas com produtos locais como os queijos da Haute Savoie, embutidos etc.

Val Thorens ten diversas lojinhas de produtos locais como embutidos e queijos.

Val Thorens tem diversas lojinhas de produtos locais como embutidos e queijos.

150 km de pistas de esqui

Ao comprar o ski pass do domínio de Val Thorens, você tem acesso a 150 km de pistas. Destas, 99% está a mais de 2 mil metros de altitude – podendo chegar até 3.200 metros!

A estação de esqui de Val Thorens tem 150km de pistas, 98% delas acima de 2 mil metros de altitude.

A estação de esqui de Val Thorens tem 150km de pistas, 99% delas acima de 2 mil metros de altitude.

Se achar pouco, existe ainda a opção a comprar o ski pass Les 3 Vallées, que dá a acesso a 600 km de pistas, incluindo os domínios de Courchevel e de Méribel.

As pistas de esqui do domínio de Val Thores en números:

  • 89 pistas
  • 33 teleféricos
  • Pistas verdes (muito fácil): 12%
  • Pistas azuis (fácil a médio): 43%
  • Pistas vermelhas (médio a difícil): 35%
  • Pistas pretas (muito difícil): 10%
  • Clique aqui para saber os preços do ski pass

Aulas de esqui

Abaixo, as escolas de esqui em Val Thorens que oferecem aulas em grupo ou individuais, para todos os níveis. Faça a sua reserva com antecedência pela Internet.

  • ESF (École du Ski Français): é a maior escola, presente em praticamente todas as estações de esqui da França.
  • Oxygene: além de ser uma escola de ski, também oferece aluguel de equipamento e de roupas de ski, diretamente pelo site.
  • ProsNeige

Vale a pena para quem não sabe esquiar (e não quer tentar)?

Sim! Assim como na maioria das grandes estações, há diversas atividades para quem quer viver a experiência da neve, mas não sabe esquiar.

  • Trilhas a pé 

Existem oito trilhas sinalizadas e acessíveis via teleféricos na estação de esqui de Val Thorens. Vá até o ofício de turismo e peça o mapa das trilhas (ou baixe aqui).

Em Val Thorens, há diversas opções de trilhas a pé para quem não quer esquiar. Foto: OT Val Thorens

Em Val Thorens, há diversas opções de trilhas a pé para quem não quer esquiar. Foto: OT Val Thorens

E atenção: preço do teleférico é mais barato para quem não vai esquiar, mas muito hotéis não vendem o passe para pedestres. Neste caso, compre diretamente no site da Setam (empresa que gerencia os teleféricos) ou na loja física na cidade de Val Thorens. E não deixe para comprar o passe diretamente nos teleféricos pois muitos deles não têm serviço de venda.

  • Restaurantes de altitude
No Cume de Caron, a 3.200 metros de altitude, há um pequeno restaurante acessível também para pedestres. Comida simples, vista deslumbrante.

No Cume de Caron, a 3.200 metros de altitude, há um pequeno restaurante acessível também para pedestres. Comida simples, vista deslumbrante.

Mesmo que você não queira esquiar ou caminhar, você pode subir até os cumes para comer nos restaurantes que ficam nas pistas e apreciar a vista 360˚ dos Alpes. Nossa dica é almoçar do Cume de Caron, a 3.200 metros de altitude.

  • Trenó

Andar de trenó é uma diversão, risada garantida! A descida da pista de 6 km, exclusiva para trenós,  demora 45 minutos.

Atenção: é preciso comprar um passe específico para a descida de trenó. Crianças abaixo de 5 anos não são permitidas. Para crianças menores, uma opção é o trenó puxado por husky siberanos.

  • Tirolesa
A tirolesa em Val Thorens é acessível para quem está esquiando (eles fornecem um suporte para o esqui) ou não. Foto: OT Val Thorens

A tirolesa em Val Thorens é acessível para quem está esquiando (eles fornecem um suporte para o esqui) ou não. Foto: OT Val Thorens

Pra completar a lista de superlativos, a Tirolesa de Val Thorens é a mais alta do mundo. Começando a 3.230 metros de altitude, o circuito total tem 1.300 metros, e você pode alcançar até 105 km/hora.

  • Esportes radicais

E, para quem gosta de se aventurar, tem de tudo: mergulho em lago congelado, paragliding, alpinismo no gelo, ice driving e (dirigir no gelo) e ice karting.

Estação de esqui de Val Thorens

Ice karting em Val Thorens. Foto: C.Cattin OT Val Thorens

Para reservar as opções acima, vá até o ofício de turismo.

Tem balada na pista?

Tem! A partir das 2h30, o pessoal vai se juntando na La Folie Douce ou no 360 Bar. Fecha com o cair do sol. Ambos funcionam como restaurante na hora do almoço.

Se você não é da balada, evite os locais na hora do fechamento, quando a multidão baladeira desce as pistas a 80km por hora turbinada por várias horas de cerveja.

Onde ficar?

Se hospedar na estação de esqui de Val Thorens, com a comodidade de estar no meio das pistas, tem seu preço. Abaixo, selecionamos cinco hotéis ski-in-ski-out, de diferentes categorias. Todos eles (exceto o Le Sherpa) dispõem de uma lojinha, onde você poderá alugar o equipamento de ski.

  • All Inclusive

Val Thorens tem começado a receber muitos brasileiros, graças ao Club Med. Para quem gosta do esquema, vale a pena pois você não precisa se preocupar com nada:  as aulas começam e terminam no próprio hotel e os passes já estão inclusos no valor da diária.

Estação de esqui de Val Thorens

Quarto do Club Med Sensations de Val Thorens. Foto: OT Val Thorens

Para preços das diárias e reservas, visite o site do Club Med.

  • 5 estrelas

O Altapura é tido como o melhor hotel de Val Thorens, design escandinavo, spa completo com piscina interna e externa, bar de ostras… Estadia em alto estilo, preços idem.
Para preços das diárias e reservas, clique aqui

  • 4 estrelas

Fahrenheit Seven é um dos hotéis mais bem avaliados de Val Thorens no Trip Advisor. Hotel design, com 1 restaurantes e 3 bares, spa com sauna seca e molhada.
Para preços das diárias e reservas, clique aqui

  • 3 estrelas

Le Sherpa é um pequeno hotel gerido por uma família, em estilo chalé, paredes de madeira, ambiente aconchegante.
Para preços das diárias e reservas, clique aqui.

  • Pechincha – para quem tem menos de 40:
Estação de esqui de Val Thorens

UCPA de Val Thorens

UCPA é uma rede de hotéis sem fins lucrativos que visa oferecer estadia e aulas de ski a preços acessíveis. O pacote com 6 diárias, pensão completa, ski passes (2 dias do domínio todo de Les 3 Vallées), 9 aulas de ski (23 horas ao todo) sai a partir de 655 euros por pessoa. Para se ter uma ideia, sete dias no Club Med, que também é all inclusive, sai a partir de 1.172 euros por pessoa.
Mas tem um detalhe: a UCPA foi criada para atender os jovens – portanto apenas reservas para pessoas com menos de 40 anos são aceitas.

  • Menuires

Outra dica para quem quer economizar é se hospedar em Menuires.

Estação de esqui de Val Thorens

Menuires, a estação de esqui que fica abaixo de Val Thorens

Última cidade antes de se chegar em Val Thorens, o domínio de Menuires faz parte do complexo do Les 3 Vallées. As pistas são todas conectadas a Val Thorens por teleférico. E, por não fazer parte de Val Thorens, os preços são bem mais acessíveis.

  • O L’Ours Blanc, com 4 estrelas, é considerado o melhor hotel de Menuires.

Onde comer:

  • La Maison: ótima opção tanto para o almoço quanto para o jantar. Amplo cardápio com um pouco de tudo, e algumas especialidades da região como raclette (queijo com queijo cru, divina!), fondue e tartiflette.
  • Le Vieux Chalet: para quem procura o aconchego dos chalés alpinos, esse restaurante é uma boa opção. Todo em madeira, com decoração típica, serve todas as especialidades da região.
  • Les Explorateurs: funciona dentro do hotel Pashmina, é a opção para quem busca uma cozinha refinada. O chef Josselin Jeanblanc ganhou 1 estrela do Michelin em 2017, ao abrir o restaurante. No cardápio, pratos clássicos da culinária francesa, com foco nos produtos da região.

Aluguel de ski e de roupas de ski:

Muitos dos hotéis têm lojinhas próprias que alugam material completo de ski, mas não roupas de ski. A loja Ski Technic é um das poucas que permite alugar tudo, incluindo calça e casaco de ski. Outra opção de aluguel é pelo site da escola de ski Oxygene.
Mas, como a procura é grande,  faça a sua reserva online para garantir a disponibilidade do que você precisa.

Como chegar?

Os aeroportos mais próximos são:

  • Grenoble: 143 km
  • Genebra: 198 km
  • Lyon: 224 km

Várias empresas oferecem transfers dos aeroportos acima até Val Thorens:

De trem, a estação mais próximo é Moutiers. De lá, há um serviço de shuttle até Val Thorens, que fica a 37 km. Veja aqui os horários e preços da temporada 2018-2019.

Seguro viagem

Importante lembrar que no caso de uma viagem que envolva atividades/esportes na neve, o seguro viagem é de extrema importância (além de ser um dos documentos necessários para entrar na França/Europa, clique aqui e leia nosso artigo sobre o assunto). Perguntamos ao pessoal do site Seguros Promo como é a cobertura para a prática de esqui:

  • A maioria dos planos possui a prática de esportes incluída em suas coberturas. Alguns planos especificam um valor para essa cobertura, enquanto outros a incluem no valor total das despesas médicas hospitalares (DMH).

  • É necessário observar, antes de contratar o seguro, quais são os esportes cobertos pelo plano escolhido, pois isso pode variar de seguradora para seguradora. Consulte as condições gerais do seguro que você pretende contratar. Nem todas as seguradoras cobrem as despesas médicas causadas por acidentes em casos de esqui ou snowboard. Dependendo da atividade que for praticar, você terá que contratar uma cobertura extra específica.

  • As seguradoras só cobrem gastos com despesas médicas hospitalares causadas por acidentes que sejam resultantes de prática amadora de esporte em local adequado. No caso do esqui, os locais adequados são as pistas regulamentadas. Na França, as pistas oficiais das estações de esqui são regulamentadas.

Seguros Promo

No site Seguros Promo, você pode comparar os preços de várias empresas seguradoras e contratar online o seu seguro de viagem. Para os leitores do Conexão Paris, a empresa está oferecendo um desconto. Para obtê-los, basta inserir o código CONEXAO5 no campo “VOUCHER DE DESCONTO” na tela de pagamento.

Leia também: