Cuidado com os falsos táxis em Paris. Um turista asiático filma um falso chofer de taxi cobrar 247 euros para o percurso aeroporto Charles de Gaulle/Paris.

O vídeo foi publicado pelo jornal Le Parisien (veja aqui).

Um turista asiático pegou um táxi.

No final do trajeto, quando o chofer apresenta o valor na tela do seu celular, o turista não aceita o valor e tenta negociar.

Durante a discussão o turista argumenta que o preço pode variar entre 60 e 100 euros e recusa pagar o valor pedido. Em seguida ele diz que gostaria de ver a permissão para transportes de passageiros do chofer. Este enrola e responde que trabalha para o Uber. Em seguida diz que trabalha para empresa similar e cita Chauffeur Privé.

O casal de turistas tenta descer do carro. O chofer bloqueia as portas, se torna mais agressivo e coloca o carro em movimento. Os turistas continuam bloqueados no interior. No final, para escaparem da situação, o casal paga 200 euros. A última cena do vídeo é o taxi que se afasta com o porta malas aberto para tampar o número da placa.

Minha experiência pessoal

No mês de outubro 2018 vivi duas cenas que descrevo aqui. Elas estão ligadas ao golpe acima.

Estava perto da Notre Dame e chamei um carro através de um aplicativo. Estava na posição típica, quer dizer, parada perto do meio fio, olhos colados na tela do celular para seguir a trajetória do carro encomendado. Um carro se aproximou, fez uma chamada com os faróis e parou diante de mim. Sou terrivelmente desconfiada. Verifiquei a placa do carro no aplicativo e quando me afastei para olhar se o número correspondia, o carro foi embora. Se fosse meu marido, nada desconfiado, ele teria caído na cilada.

Vivi a mesma situação algumas semanas mais tarde, desta vez perto do Arco do Triunfo. Cena idêntica. Eu parada do meio fio, etc. Como já tinha passado pela tentativa do golpe, o primeiro carro que diminuiu a velocidade e se aproximou já fui dando sinal que NÃO. As placas não correspondiam. Durante o tempo de espera de 14 minutos dois carros tentaram o golpe.

Já no interior do verdadeiro carro encomendado, discutindo com o chofer, fiquei sabendo que esta malandragem não é recente. Os desonestos possuem carros similares aos exigidos pelos aplicativos para roubarem os clientes. Uma vez no interior do carro estamos nas mãos de pessoas sem escrúpulos.

Conselhos:

Fica aqui o alerta e alguns conselhos:

  • Peguem os clássicos táxis, os que possuem o sinal luminoso colado no topo do carro.
  • Se usarem os aplicativos, não se esqueçam de conferir o número da placa.
  • Nos aeroportos não aceitem ofertas de transporte de pessoas aleatórias nos saguões. Após o desembarque sigam as indicações “Taxi” e, do lado de fora, peguem a fila “Taxis Parisiens”.

Taxi Parisiense (foto: )

Pequeno parêntese, não sei se você sabe, mas os valores para o trajeto entre os aeroportos e Paris são tabelados.

Valores entre Paris e aeroportos:

  • Charles de Gaulle/Paris rive droite 50 euros e rive gauche 55 euros.
  • Orly/Paris rive droite 35 euros e rive gauche 30 euros.

Para viajar com tranquilidade, leia nossos artigos sobre a questão da segurança em Paris (clique aqui).


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.