A beleza do sul da França não se esgota nos campos de lavanda e girassol. A região possui monumentos extraordinários construídos pelos romanos durante os primeiros séculos da nossa era. A Ponte do Gard é um deles.

História

A ponte é a parte monumental de um aqueduto de mais de 52 km que conduzia água até a cidade romana de Nemausus, hoje Nîmes. Ela é excepcional pelas suas dimensões. Com seus 49 metros de altura A Pont du Gard é a ponte-aqueduto romana mais alta do mundo. A ponte fica apenas a 30 minutos de carro de Avignon.

Pont du Gard

Seu estado de conservação é excelente. Essa ponte é o único exemplo de ponte da antiguidade com três andares ainda de pé.

Foi necessário um canteiro de obras colossal pois sua construção durou somente cinco anos. A ponte alimentou durante cinco séculos a cidade de Nîmes de água em abundância. Nîmes – Neumausus – conheceu no primeiro século um período de prosperidade tal que permitiu a construção do aqueduto. Seu exemplo foi Roma, capital e modelo para todo o império romano.

Graças ao aqueduto, Nîmes adquiriu prestígio, construiu fontes, termas, água canalizada nas ricas mansões e conseguiu salubridade das ruas.

Le Pont du Gard, par Hubert Robert – 1787. Musée du Louvre

A Ponte do Gard é modelo de arquitetura e fonte de inspiração para artistas. A ponte recebeu visita de hóspedes ilustres. Rabelais fez do seu herói Pantagruel o autor da ponte em menos de 3 horas. Rousseau teve a revelação do gênio romano diante da contemplação do “gigante de pedra”. Stendhal sentiu uma grande emoção diante da ponte, idêntica à “rêverie” provocada pelo Coliseu em Roma. E vários artistas utilizaram a ponte como fonte de inspiração.

Museu

Para completar seu conhecimento sobre a história da ponte sugerimos que visite o museu situado no local. Através de percursos temáticos e com a ajuda de multimídias o visitante percorre a história excepcional da sua construção. A visita do museu pode durar uma hora ou meio dia. a última opção é para os apaixonados por engenharia, cálculos, arquitetura e história. Através de imagens tamanho real assistimos o dia a dia de uma cidade galo-romana e a importância da água. Um mapa luminoso gigantesco identifica os principais aquedutos romanos e o transporte do líquido precioso.

Pont du Gard

Unesco

A Unesco escolheu a ponte como o único monumento francês que figura na nova Estrada Européia da Antiquidade. Essa estrada passará por Epidaure et Olympie (Grécia), Tarragone (Espanha), Stari Grad (Croácia), Nessebar (Bulgária), Trèves (Alemanha) e Aquilée (Itália).

Pont du Gard

Informações práticas

. Restaurante e cafeteria no local.

. Aberto todos os dias o ano todo.

. Horários para ver a ponte: 9h/18h em janeiro, fevereiro, novembro e dezembro. 9h/20h em março, abril e outubro. 9h/22h em junho e setembro. 9h/21h em maio. 9h/23h em julho e agosto.

. Horários de abertura do museu variam de acordo com as estações do ano. Ele abre todos os dias 9h e fecha mais cedo no inverno – 17h – e mais tarde nas férias de verão – 20h.

. Preço ticket: 8.50 euros.

. Endereço: Site du Pont du Gard, La Bégude, 400 Route du Pont du Gard, 30210 Vers-Pont-du-Gard

Clique aqui para ter acesso ao site oficial do Pont du Gard.

Compre seus tickets aqui.

Leia nossos artigos e dicas da Provence clicando aqui.


Ponte do GardAcesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.