Saiba tudo sobre as decorações de Natal no castelo Vaux le Vicomte.

Se não fosse por Vaux le Vicomte, Versailles não seria o castelo que conhecemos hoje.

A história de Vaux-le-Vicomte

A construção de Vaux-le-Vicomte foi iniciada em 1656 por Nicolas Fouquet, superintendente de finanças e procurador geral do parlamento de Paris. O conjunto – prédio, decoração e jardins – foi criado por três grandes artistas da época – o arquiteto Louis le Vau, o pintor Charles le Brun e o paisagista André le Nôtre – que tiveram liberdade total para exprimir seus talentos e concretizar suas ideias.

O castelo Vaux-le-Vicomte (foto: © Lourdel Chicurel)

O castelo foi inaugurado no dia 17 de agosto de 1661 com uma festa suntuosa à qual compareceu o jovem rei Louis XIV. Diz a lenda que, alguns dias depois, todo trabalhado na inveja, Louis XIV ordena que D’Artagnan prenda Fouquet. Ele é condenado à prisão perpétua em 1664 e morre em Pignerol em 1680. Na verdade, Louis XIV já havia decidido, 2 meses antes da festa, prender Fouquet devido a suspeitas quanto ao seu enriquecimento.

Após o encarceramento de Fouquet, o rei convoca imediatamente a equipe que construiu Vaux-le-Vicomte – Le Vau, Le Brun e Le Nôtre – para reformar Versailles.

O castelo refletido no lago que fica a 500 metros de distância.

Em 1875, Vaux foi comprado pelo industrial Alfred Sommier, que fez fortuna no ramo do açúcar, e foi sendo passado de geração a geração até os atuais proprietários, os irmão de Vogüé.

O castelo foi aberto à visitação à visitação pública em 1968 e, a cada, ano aumenta o número de visitantes. Em 2015 foram 300.000 pessoas.

O grande charme de Vaux le Vicomte é seu tamanho. Ele não é absurdamente imenso como Versailles, guardando proporções ‘humanas”.

O Natal em Vaux-le-Vicomte

Há 12 anos Vaux-le-Vicomte se veste para receber o Natal.

A Floresta de Açúcar, montada no átrio central do castelo.

Os visitantes são recebidos, já na entrada da propriedade, pela alameda de árvores de Natal. No interior do castelo, vários de seus salões, como a biblioteca, a sala de jantar, o quarto do rei, a cozinha e o deslumbrante átrio central são ricamente decorados com temas natalinos. Dezenas de árvores de Natal, luzes que piscam, renas, fadas e gnomos povoam os ambientes.

A Floresta de Açúcar, montada no átrio central do castelo.

Como os antepassados dos proprietários do castelo eram do ramo do açúcar, o tema da decoração de Natal em Vaux-le-Vicomte gira sempre em torno dos doces, das guloseimas e das sobremesas.

Decoração de Natal

Mas a festa não é somente para os olhos. Há uma total imersão dos sentidos onde cada ambiente conta também com um cheiro (pão de especiarias, chocolate quente etc) e trilha sonora próprios. Para completar, o crepitar das lareiras e o calorzinho que delas emana.

Uma visita especial que encanta não somente as crianças – que ganham brindes e podem se vestir com roupas de época – mas também os adultos.

Decoração de Natal

Mas Vaux-le-Vicomte merece ser visitado também fora da época natalina. Durante o Natal, o foco é a decoração temática mas, assim como Versailles, o castelo possui ambientes ricamente ornamentados e mobiliados que são, por si só, de cair o queixo (não deixe de admirar os belos tetos). Com a vantagem de Vaux ser menor e mais vazio que Versailles.

A sala de jantar (foto: Béatrice Lécuyer-Bibal)

Durante as festas de fim de ano o restaurante e o quiosque do castelo servem especialidades natalinas: castanhas assadas, tortas de Natal, vinho e chocolates quentes.

O quarto do rei, um dos ambientes mais deslumbrantes de Vaux le Vicomte (foto: Yann Pirioux)

Informações práticas

Natal em Vaux-le-Vicomte: dias 25 e 26 de novembro; 2 , 3, 9, 10, 16, e 17 de dezembro e todos os dias de 23 de dezembro a 7 de janeiro de 2018 (com exceção dos dias 25/12 e 01/01). Horários: 11:00 as 17:45 (exceto dias 24 e 31/12: 11:00 as 16:45). Ingressos: 18,50€ para adultos; 13€ para crianças de 6 a 17 anos; gratuito para menores de 6 anos. Somente para o jardim: 12,50€.

Após o dia 7 de janeiro de 2017, Vaux-le-Vicomte ficará fechado até o fim de março de 2018, quando reabrirá suas portas para a temporada 2018.

Como ir:

  • De trem comum (linha P) saindo do térreo da Gare de l’Est. Pegue o trem em direção à Provins. Desça na estação Verneuil l’Etang. Em frente à estação pegue o ônibus especial chamada Châteaubus que faz a ligação entre a estação e o castelo. Clique aqui e veja os horários do ônibus e dos trens.
  • De excursão com a empresa ParisCityVision clique aqui.
  • De carro privativo com motorista brasileiro, clique aqui.
  • De carro alugado. A viagem dura cerca de 50 minutos, clique aqui e obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França.

Natal no castelo Vaux le VicomteAcesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.