O Restaurante Ultraviolet é único no mundo e merece ser conhecido.

Nós o seguimos pela mídia numerosa a se deslocar até Shanghai para conhecê-lo. Acompanhamos seu sucesso imenso, seu percurso sem falhas. Possuímos até a lista dos seus troféus e prêmios.

Mas nunca o citamos por acharmos que Shanghai, de qualquer maneira, está um pouco fora da rota do Conexão Paris.

Ultraviolet, chef Paul Pairet

Restaurante Ultraviolet, chef Paul Pairet

Até lermos um enésimo artigo sobre o Ultraviolet. Desta vez uma descrição detalhada da experiência que ele proporciona. Decidimos neste instante que, Shanghai ou não, nós precisámos apresentar para vocês o chef francês Paul Pairet.

Sabemos até qual será o primeiro leitor a sonhar com esta proposta única no mundo. Um adolescente gourmant e gourmet de 11 anos que decidiu seu destino profissional: chef.

O Ultraviolet está na lista Word’s 50 Best mas é um endereço confidencial, secreto. Sua proposta é multisensorial e única. Ela suscita curiosidade dos profissionais do setor e do público em geral.

Três meses de espera para reservar um lugar em uma mesa única de 10 lugares. Preço por pessoa: 800 euros.

Um menu fixo de 20 pratos acompanhado por tecnologias multi sensoriais. Cada prato é enriquecido por uma atmosfera criada por composições visuais, sonoras e olfativas.

Experiência imersiva total. No final, diz o chef, é a lembrança da emoção que o prato criou que conta.

Outros chefs famosos que fizeram a viagem para descobrirem a proposta de Paul Pairet contam que voltaram transtornados. Todos descrevem a noite como louca, excepcional, hiper criativa, estraordinária, avant garde

Restaurante Ultraviolet

Restaurante Ultraviolet e sua mesa única com 10 lugares

Quem é Paul Pairet

O chef nasceu e se formou na França. Atualmente ele possui dois restaurantes: o experimental Ultraviolet e o restaurante francês Mr & Mrs Bund. Todos os dois em Shanghai.

Resumindo seu percurso, ele foi chef do restaurante de Alain Ducasse, Café Mosaic, em Paris. Em seguida foi enviado pelo mesmo Ducasse ao Ritz Carlton de Istambul. Em poucos anos o restaurante do hotel se tornou um dos melhores da Turquia. Pairet troca Istambul por Shanghai e abre o Jade on 36. Outro sucesso.

No final de longo percurso, Pairet define sua cozinha como um french-but-not-french style. E, quase como um conselho, ele sugere nos aproximarmos dos ingredientes, técnicas, texturas e sabores sem preconceitos. Ele define isto como “olho do recém-nascido”: provar tudo como se fosse pela primeira vez. E atenção, sem preconceito. O foie gras não é mais adaptado à gastronomia que um pedaço de pão. E a trufa não é mais interessante que a Coca Cola. Não existe o melhor e o pior em termos de sabores. Existe somente um imenso universo de sabores.


Restaurante UltravioletConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias. Ele traz uma seleção dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, patisseries, caves, bares etc. Acesse o site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.