O museu da Marinha de Paris é muito interessante e merece ser conhecido. Ela relata a evolução, do século 16 até hoje, das construções náuticas da marinha militar, marinha mercante e dos navios de cruzeiros.

O Museu da Marinha se encontra diante da torre Eiffel, no conjunto arquitetônico do Trocadero. Ele divide com o Musée de l’Homme o mesmo prédio. A maior parte do museu é dedicada à Marinha de Guerra francesa.

Museu da Marina. Entrada.

Museu da Marinha. Entrada.

O percurso da visita se divide em 11 « escalas » cada uma com um tema.

  1. Barcos e canoas de cerimoniais

A visita começa pelas pequenas construções, botes ou canoas, usadas pelos reis, imperadores e imperatrizes durante visitas aos principais portos do país ou para passeios pelos canais dos seus castelos.

Museu da Marinha, barca do Imperador

Museu da Marinha, barca do Imperador Napoleão III

Como a barca utilizada por Napoleão III e a imperatriz Eugenie para a visita do porto da cidade de Brest.

Museu da Marinha, decoração da barca de Maria Antonieta

Museu da Marinha, decoração da barca de Maria Antonieta

Ou a barca da Maria Antonieta. Esta escultura ornava a proa da canoa da rainha, um verdadeiro salão ricamente decorado, servindo unicamente para a navegação da rainha nos canais do castelo de Versailles.

Museu da Marinha, Galera de Louis 14

Museu da Marinha, Galera de Louis 14

Lindíssimos também os barcos criados por Louis 14 e chamados Corps des Galères. Eles eram maiores e possuíam uma decoração suntuosa com esculturas revestidas de ouro. Eles tinham a particularidade de funcionarem à vela e à remo. Na realidade todo este brilho escondia uma prisão flutuante com remadores reduzidos à uma vida miserável.

Museu da Marinha. Decoração da Galera de Louis 14

Museu da Marinha. Decoração da Galera de Louis 14

Graças à reprodução tamanho real de uma Galère, podemos ver a riqueza da decoração em honra à Louis 14 – o Rei Sol – centrada na figura mitológica de Apolo.

  1. Escultura naval
Museu da Marinha. Figura de proa, Napoleão

Museu da Marinha. Figura de proa, Napoleão

O museu nos chama a atenção para a escultura naval amplamente desenvolvida durante os séculos passados. A escultura naval é um capítulo à parte, verdadeiras obras de arte que ornavam as pequenas embarcações assim como os grandes navios à vela. As esculturas da proa – a parte da frente do navio – representavam uma figura masculina guiando a embarcação contra todos os perigos.

Um exemplo, o busto de Napoleão na proa do navio que participou na batalha de Iéna, em 1806, contra a Alemanha.

  1. Guerra da América

O Museu da Marinha relata a participação da Marinha Francesa na guerra da independência americana. A França lutou ao lado dos americanos e os combates aconteceram principalmente no Atlântico.

Museu da Marinha. Navio que participou da guerra de independência dos Estados Unidos

Museu da Marinha. Navio que participou da guerra de independência dos Estados Unidos

Museu da Marinha. Pintura relatando a participação da França na guerre de independêndia dos Estados Unidos

Museu da Marinha. Pintura relatando a participação da França na guerra de independência dos Estados Unidos

A obra de Théodore Gudin ilustra a batalha naval entre a França e a Inglaterra. Este momento da história da França, comandado pelo General La Fayette, é particularmente importante para os franceses. (Pequeno detalhe: nos também gostamos do personagem porque o endereço oficial do Conexão Paris é Rue La Fayette. O navio do La Fayette foi reconstruído e, no ano passado, atravessou de novo o Atlântico (leia sobre este belo projeto aqui).

  1. Pintura marinha

Como viram acima, o Museu da Marinha se interessa também à pintura marinha e, durante todo o percurso, ele expõe quadros que descrevem os período citados, as guerras e os principais portos.

Museu da Marinha. Porto de Brest

Museu da Marinha. Porto de Brest

Alguns deles remarcáveis.

  1. Navios e modelos reduzidos

O que o museu possui de mais interessante são os modelos reduzidos das embarcações e navios citados. Verdadeiras jóias, sobretudo os modelos reduzidos dos navios à velas construídos no final do século 18 e utilizados durante a revolução francesa e o Império.

Museu da Marinha. Modelos reduzidos dos antigos navios à vela

Museu da Marinha. Modelos reduzidos dos antigos navios à vela

Os maiores navios possuiam até 118 canhões. Eram navios de difícil navegação e foram rapidamente ultrapassados pelos navios à vapor.

  1. 6. História das coleções

Esta parte, História das Coleções, é interessantíssima.

Museu da Mariana. Miniaturas antigas

Museu da Marinha. Miniaturas antigas

Dentro de vitrinas que datam da época da construção do Trocadero temos uma multitude de objetos variados pertencentes aos navios antigos e entre eles uma imensa coleção de navios extremamente miniaturizados e confeccionados com materiais raros. Podemos passar horas diante desta maravilhosa coleção.

  1. História da guerra moderna e contemporânea

A partir deste ítem o museu mostra a evolução nos últimos 100 anos das embarcações marítimas. Aí encontramos modelos reduzidos dos porta-aviões com uma belíssima maquete do famoso porta-aviões Charles de Gaulle.

Museu da Marina. Porta aviões Charles de Gaulle

Museu da Marina. Porta aviões Charles de Gaulle

Modelos reduzidos dos submarinos de guerra, sobretudo do submarino nuclear chamado Triomphant, lançado em 1994.

Modelos reduzidos mostrando a evolução dos navios utilizados no transporte de mercadorias.

Uma imensa vitrine mostra maquetes dos principais paquebots que criaram as viagens de sonho dos anos 1920. Em quatro dias os navios atravessavam o Atlântico e jogavam âncora no porto de New York. O museu possui um modelo reduzido do Titanic. A segunda guerra mundial acabou com as charmosas viagens em paquebot substituídas, à partir dos anos 2000, pelos imensos cruzeiros internacionais.

Museu da Marinha. Navio de Cristovão Colombo

Museu da Marinha. Navio de Cristovão Colombo

Para terminar, no final da exposição temos um espaço dedicado à Cristovão Colombo com modelos reduzidos das caravelas Sainta Maria, Pinta e Nina.

Musée de la Marine, 17 Place du Trocadero, 75016 Paris. Aberto todos os dias menos nas terças das 10h até 18h. Fechado 1 de janeiro, 1 de maio, 25 dezembro.


Museu da Marinha

Nosso guia 5 Roteiros em 4 Dias é ideal tanto para quem está indo pela primeira vez a Paris, quanto para aqueles que já visitaram a cidade e desejam descobrir os segredos dos parisienses. São 5 roteiros exclusivos que podem ser percorridos em, no mínimo, 4 dias. À venda na nossa agência online Minha Viagem Paris, clique aqui.

 

 

 


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.