Como é e onde fica o hotel onde Kim Kardashian foi roubada em Paris?

A “culpa” pelo assalto sofrido pela mega celebridade Kim Kardashian em Paris vem sendo atribuída 1) à própria Kim que, além de expor sua fama e riqueza nas redes sociais escolheu se hospedar em um local discreto (porém ao que parece vulnerável) e 2) à (ou falta de) segurança em Paris.

Diante do que foi exposto até o momento, uma série de fatores se somaram e fizeram da estadia de Kim em Paris o momento perfeito para o assalto. Ao que tudo indica ele foi mais uma questão de segurança pessoal do que de segurança pública. Assaltos a mão armada e invasões desse tipo são raros em Paris onde o mais comum são os batedores de carteira e os golpistas (clique aqui e leia nosso artigo sobre isso).

Hôtel de Pourtalès ou No Address Hotel?

A mídia vem chamando de hotel o local onde Kim estava hospedada em Paris mas na verdade o que existe no prédio são apartamentos de temporada para locação. A palavra hôtel em francês é também usada para designar as pequenas mansões particulares urbanas, os hôtels particuliers, caso do Hôtel de Pourtalès onde ela estava com sua família.

hotel onde kim kardashian foi roubada

A fachada No Address Hotel na rue Tronchet

O Hôtel de Pourtalès onde funciona o assim chamado “No Address Hotel” fica na rue Tronchet, a rua que começa atrás da igreja da Madeleine e vai até o boulevard Haussmann ao lado da loja de departamentos Printemps. Essa região é bem central e com muitos atrativos gastronômicos, leia nosso artigo super completo sobre a área (clique aqui).

O prédio original foi construído e projetado entre 1838 e 1839 pelo arquiteto Jacques Félix Duban para o conde James-Alexandre de Pourtalès, um diplomata, banqueiro e colecionador de arte suíço. Em 2004, o empresário francês Alexandre Allard (um dos acionistas do Hotel Royal Monceau e da marca Balmain da qual Kim e seu marido Kanye já foram garotos-propaganda e de cujo estilista são amigos) comprou o edifício e seu anexo por 38 milhões de dólares e transformou o interior em apartamentos de luxo.

Quem, quanto e como

“No Address Hotel” foi inaugurado em 2010 e desde então seus nove apartamentos recebem uma clientela de celebridades e VIPs como Madonna, Leonardo DiCaprio, Marion Cotillard, Zlatan Ibrahimović e o finado Prince, que buscam privacidade, intimidade e anonimato.

Os valores das diárias variam de 1.500€ – para o menor apartamento, de 90m² – a 15.000€ – para o apartamento duplex de cobertura de 350m² no qual Kim estava hospedada. Os locatários têm a sua disposição uma equipe de 20 funcionários entre chefs, barmen e arrumadeiras.

hotel onde kim kardashian foi roubada

A Sky Penthouse

Para alugar um desses apartamentos somente “sendo do meio”, no site oficial não há nenhuma informação ou contato disponíveis, somente quem já é cadastrato tem acesso.

hotel onde kim kardashian foi roubada

Um dos apartamentos

E a segurança?

Apesar do prédio não ter nenhum tipo de identificação externa, o acesso ao seu pátio interno – a partir do qual se chega aos apartamentos – é simples e fácil. Não há seguranças, câmeras ou recepcionista para impedir a entrada de intrusos ou curiosos.

Há, no entanto, acesso direto ao estacionamento subterrâneo que existe na vizinhança e entradas secretas para que os hóspedes entrem e saiam discretamente.

Com todo esse escândalo, o lado secreto do local foi arruinado e sua segurança colocada em cheque. Resta saber como seu proprietário reverterá a situação.


hotel onde kim kardashian foi roubada

Na nossa agência online Minha Viagem Paris você encontra um tour da alta gastronomia francesa na região da Madeleine, clique aqui para saber mais