Gosto da grande História, com H maiúsculo, e das pequenas, muitas vezes apenas um boato. Meu lado científico não as leva à sério mas algumas delas me divertem.

E uma delas é a história do pão envenenado que teve por cenário a cidade francesa de Pont Saint Esprit em 1951.

Jornal da época: o mistério do pão envenenado

Jornal da época: o mistério do pão envenenado

Neste ano, uma epidemia contaminou a pequena população desta cidade. Durante uma semana, 300 pessoas apresentaram crises de alucinação, desmaios, dores no estômago. Nos hospitais da região, as vítimas desta estranha doença eram fechadas em camisas de força. Uns viam animais ameaçadores, outros gritavam que seus corpos estavam pegando fogo. O carteiro da cidade, coitado, foi hospitalizado aos gritos porque seu corpo estava se reduzindo a pó.

Foto da época: doente sendo hospitalizado

Foto da época: doente sendo hospitalizado

A epidemia fez 5 vítimas fatais, uma delas morreu ao saltar, em pleno delírio, pela janela.

Na época, a hipótese levantada pelos médicos para explicar o acontecido foi uma contaminação pelo pão. Um cogumelo, parasita do centeio, poderia explicar as dores e as alucinações. Hipótese que os familiares das vítimas recusam até hoje. O culpado não seria o centeio senão todos os pães deste dia estariam contaminados. Todos eles foram fabricados com a mesma farinha, mas foi somente uma fornada, a primeira da manhã, que provocou a epidemia. Os outros foram vendidos e ninguém ficou doente.

O fato foi aos poucos caindo no esquecimento mas, anos mais tarde, em 2010, um jornalista americano propôs uma outra explicação para o “pão maldito”. O jornalista em questão, após ter acesso à uma conversa entre um agente da CIA e um representante de um laboratório suiço, afirmou que o pão de Pont Saint Esprit foi contaminado, de maneira voluntária, pela CIA dentro de um programa de testes de manipulação mental. O produto que provocou a epidemia não teria sido um cogumelo do centeio e sim o LSD, droga que provoca violentas alucinações.

Jornais franceses levantam a hipótese da CIA

Jornais franceses levantam a hipótese da CIA

Inicialmente o jornalista pesquisava a morte suspeita, em 1953, de um bioquímico suiço especializado em armas químicas. Este homem multiplicava experiências, em laboratórios suiços, sobre drogas pesadas, entre elas o LSD. Foi dentro do contexto da guerra fria, que estas experimentações foram realizadas. A agência CIA efetuava operações tipo lavagem cerebral utilizando os cidadãos americanos mais fragilizados. O objetivo era obter, através de eletrochoques e drogas, indivíduos capazes de tudo, mesmo de matar o inimigo designado. Estes fatos mereceram desculpas públicas de Clinton em 1995.

Parece que uma divisão da CIA teria contaminado, com a droga suiça, o pão da cidadezinha francesa.

Quanto ao cogumelo do centeio, ele provocou realmente, nos séculos passados, mortes horrorosas. Nos casos mais graves de contaminação, após alucinações e delírios, o corpo do doente secava e as extremidades ficavam pretas por falta de irrigação do sangue. Em 1777, foi descoberta a ligação entre o cogumelo, o pão e a doença que se chamava a peste das extremidades. Na Europa a última epidemia causada por este cogumelo foi em 1926, na Rússia.

.

Para quem também gosta da grande História, com H maiúsculo, o livro “A História do Brasil nas Ruas de Paris” é repleto delas. Você pode comprá-lo na nossa agência online Minha Viagem Paris clicando aqui.

 

MinhaViagemParis1Acesse nosso novo site Minha Viagem a Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.