Do dia 4 de julho até 2 de setembro de 2016, um evento gastronômico raro acontecerá na Córsega. Raro por ser na Córsega e pela escolha do local e dos chefs envolvidos. Durante todo o verão, a Córsega do Sul será a sede de um restaurante efêmero extremamente requintado.

L'Ambroisie

L’Ambroisie

Os chefs convidados são Mathieu e Bernard Pacaud. Para aqueles que não os conhecem ainda, Mathieu Pacaud está instalado sob as arcadas da Place des Voges em Paris, no lendário L’Ambroisie, três estrelas no guia Michelin. A excelência deste restaurante se esconde atrás de uma pequena entrada, apenas assinalada por dois vasos. Desde 1986, gourmets do mundo todo encontram neste endereço uma cozinha clássica executada com excelentes produtos e perfeita harmonização de sabores.

Mathieu possui também dois outros endereços parisienses, o Hexagone, restaurante mais descontraído, e Histoires, laboratório gastronômico sofisticado onde ele exprime sua criatividade.

Domaine Murtoli, Córsega do Sul

Domaine Murtoli, Córsega do Sul

Durante o verão eles se instalarão a 1200 quilômetros da praça Vosges, em um secreto hotel corso chama Domaine Murtoli.

A discreção da entrada do Ambroisie é idêntica ao luxo discreto do Murtoli: uma pequena estrada de terra conduz o hóspede até ao portão do hotel que abre somente para iniciados. E lá eles encontrarão um espaço dedicado à natureza, com pequenas praias particulares na orla do Mediterrâneo azul turquesa.

Uma das residências do Domaine Murtoli

Uma das residências do Domaine Murtoli

Em 2.500 hectares, Paul Canarelli restaurou com paixão e elegância 19 bergeries, antigas moradias dos pastores corsos. Os muros de pedras empilhadas, os tetos de telhas seculares e as piscinas encravadas nas rochas se integram à paisagem e oferecem um luxo requintado e discreto aos hóspedes.

Murtoli privilegia os produtos locais como vitelo, cordeiro, lagosta, polvo, ouriço (deliciosos), azeite, queijos, legumes da horta, mel e as famosas ervas selvagens da ilha como a marjoleine, a myrte e as immortelles

O restaurante do Domaine de Murtoli

O restaurante do Domaine de Murtoli

Todos os anos Paul Canarelli convida chefs reconhecidos, dando a eles total liberdade na escolha do cardápio. Durante dois meses, o restaurante de Murtoli, La Table de la Ferme, situado diante do campo de golf, será dirigido pelos dois chefs parisienses.

Canarelli e os Pacaud possuem em comum a mesma visão da gastronomia e da hospitalidade: um luxo sem complicações, produtos autênticos e um carinho pela cozinha e pelos produtos artesanais.

Vitelo corso preparado pelos chefs

Vitelo corso preparado pelos chefs Pacaud

Mathieu e Bernard Pacaud prepararão dois menus alta gastronomia: menu découverte com 5 serviços por 150 euros e menu dégustation com 9 serviços por 280 euros.

Domaine de Murtoli

Domaine de Murtoli

Para finalizar, como passamos nossas férias na Córsega há mais de trinta anos, conhecemos bem o Domaine Murtoli e concordamos com a descrição feita pela revista Condé Nast Traveler: the Domaine de Murtoli is arguably one of the most spectacular and well-guarded secrets in Europe. A miles-long private beach is backed by thousands of acres of forest and farmland, and there are just 13 residences, ranging from cozy one-bedroom cottages to a seven-bedroom compound. The farm-to-table ethos is impressive: They raise their own meat, bottle their own rosés, grow their own vegetables and fruit, and have a fishing boat for the vast estate’s two restaurants. Apenas uma atualização, hoje Murtoli possui 19 residências.

Domaine de Murtoli, varanda do restaurante

Domaine de Murtoli, varanda do restaurante

Domaine de Murtoli: Vallée d’Ortolo, 20100, Sartène. Tel. : +33 (0)4 95 71 69 24 / Fax : +33 (0)4 95 77 00 32 villas@murtoli.com www.murtoli.com

Como chegar em Ajaccio saindo de Paris

. De trem. Em 3 horas é possível fazer centro de Paris/centro de Marseille; e em 4h, Paris/Toulon. Dessas duas cidades é possível pegar o barco que leva até Ajaccio. Os preços do trem variam de acordo com o mês, o dia da semana e a hora. E se comprar sua passagem com antecedência – clique aqui – consegue preços mais baratos ainda.

. De avião. Paris/Ajaccio. A viagem de avião pode variar entre 2h50 e 5h50, tudo depende da escala do voo. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.

. De carro. Passando por Lyon, Avignon, Aix en Provence, Marseille. Belo passeio em direção ao sol da Provence e da Côte d’Azur. Você pode entrar com o carro no barco que faz a travessia até a ilha, verifique antes as disponibilidades e preços. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França aqui.

. De ônibus. Esta costuma ser a opção mais barata e a mais longa também, a viagem tem cerca de 12 horas de trajeto até Marseille e 13h40 até Toulon, as duas viagens com uma parada na Gare de Lyon. Consulte valores e faça a compra da passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus (clique aqui).

IMPORTANTE: Existem várias combinações e opções de travessias de barco e vôos para chegar à ilha, a viagem para Ajaccio é apenas uma delas.  


MinhaViagemParis1No site Minha Viagem Paris você vai descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.