Crèche. Avondale Pattillo UMC no Flickr

Crèche. Avondale Pattillo UMC no Flickr

Em janeiro 2106, publicamos o primeiro texto de histórias e palavras (veja aqui).

O exercício foi tão agradável que criamos a segunda listinha.

Bidet (Bidê): esta palavra, em desuso no Brasil, foi criada por Rabelais que assim nomeou um pequeno asno. Por metáfora, o nome do animal serviu para nomear um aparelho sanitário onde as pessoas se assentavam como se estivessem montando. Os bidets eram mal vistos na França porque usados basicamente para a higiene das prostitutas.

Bikini (Biquini): Bikini é o nome de uma das ilhas do Pacífico que se tornou conhecida em 1946, durante o primeiro teste da bomba atômica americana. Na França, imediatamente esta palavra passou a nomear um maiô mínimo. A marca foi registrada em junho de 1946. Uma mulher em bikini tinha o efeito de uma bomba.

Bistrot (Bistrô): a origem da palavra francesa bistrot é discutida. A versão mais divertida seria a palavra russa bystro que significa “rápido”. Em 1814 os russos ocuparam Paris. Dizem que quando se instalavam nas mesas dos cabarés, eles pronunciam bystro para serem servidos imediatamente. A partir de 1980, bistrot significa restaurantes de aparência simples mas que podem ser caríssimos.

Boite (boate): quando o vinho adquiria o grau de álcool ideal e que ele estava pronto para ser consumido, dizia-se que o vinho estava en boite. Mais tarde, o local onde se bebia muito foi chamado de boite.

Kabaret (Cabaré): no século 13, ter um kabaret significava ser responsável por um restaurante. No século 15, cabaret significava um lugar para beber e jogar. No final do século 19, um cabaret de nuit (da noite) já designava os locais de espetáculos de Montmartre.

Champagne (Champanhe): antes que Dom Pérignon descobrisse a segunda fermentação do vinho branco e inventasse o champagne, Champagne designava a região onde era fabricado este vinho. A partir de Dom Pérignon, champagne designa somente o vinho borbulhante desta província da França. Os franceses não suportam quando champagne é usado para nomear outros vinhos espumantes como, por exemplo, os californianos ou os australianos.

Chauffeur (Chofer): na sua origem a palavra designava a pessoa responsável por manter o fogo aceso. Exemplo, o encarregado de colocar em funcionamento a locomotiva à vapor. Apesar de serem duas funções diferentes, acender e conduzir, produziu-se uma assimilação e a pessoa que conduz a locomotiva ficou sendo conhecida como chauffeur.

SchickChic (Chique): provavelmente chique veio da palavra alemã schick, utilizada dentro dos ateliers de pintores. Ela queria dizer ter habilidade, em referência aos gestos de pintar quadros. Mais tarde, a palavra passou a ser empregado com a grafia chique significando desenvoltura elegante, algo reservado à elite. Sua migração para a área da moda na forma chic é relativamente recente. Ela data dos anos 1980 e foi empregada pela primeira vez para designar jovens burgueses vestidos de maneira tradicional.

Schoppe (chope): palavra de origem alsaciana que significava copo para beber cerveja. O substantivo masculino chope, já com nova grafia, foi introduzido em Paris pelas brasseries alsacianas. Mais tarde ele se tornou feminino por influência de outra palavra alemã Chopine, que designava uma medida equivalente a meio litro. Até hoje, em francês, chope que dizer o copo onde servimos a cerveja. Se quiser pedir um chope brasileiro, diga “bière pression” (cerveja pressão).

Cognac (Conhaque): Cognac é o nome de uma cidade francesa onde foi inventada uma bebida com os vinhos brancos da região. Rapidamente este novo álcool foi exportado para a Inglaterra e passou a ser fabricado por uma pessoa originária de Jersey, Marttel, e por um irlandês, Hennessy.

Crèche (Creche): significava o local onde os animais eram alimentados. No século 13 o termo passou a designar o local onde Cristo, bebê, foi colocado após seu nascimento no estábulo de Bethléem. Mais tarde os escritores Chateaubriand e Proust utilizaram, de forma poética, a palavra crèche como berço. O significado atual designa o local que acolhe crianças de menos de 3 anos.

Toilette (toalete): No século 16, toilette era um tecido com o qual se cobria um móvel onde era colocado o necessário para vestir, ou preparar, uma personalidade para aparecer em público. Mais tarde surgiu a expressão « toilette dos condenados a morte ». No século 18 surge a expressão « cabinet de toilette » e, no século 20, a palavra cabinet desapareceu e toilette passou a designar o local onde se encontra a privada.


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.