Por Mariana Martins (Mari and the City)

A Escandinávia não é um lugar que atrai tanta atenção de designers gráficos e arquitetos sem motivo! A funcionalidade e a praticidade do seu design nos mais diversos objetos fizeram com que ele passasse a ser reconhecido como ícone de vanguarda e bom-gosto mundialmente. Aos poucos, essas tendências inovadoras passaram a ser refletidas também em cidades. Embora a Dinamarca seja o menor dos países da Escandinávia, ela é uma das maiores potências no assunto. O país tem grandes nomes nessa área. Entre eles, o do arquiteto Jorn Utzon que projetou a incrível Sydney Opera House na Austrália.

Para quem está em Paris, a viagem a Copenhagen é curta e há voos frequentes saindo tanto do Charles de Gaulle quanto de Orly que têm duração de aproximadamente 1h50min, e a Air France oferece voos do Brasil para Copenhagen com parada grátis em Paris. Veja no site da Air France.

A capital dinamarquesa conta com apenas um aeroporto que não fica localizado muito longe da cidade. Há opção de ir até o centro da cidade de metrô, trem, ônibus ou táxi. Enquanto os dois primeiros são as opções mais rápidas em um trajeto de aproximadamente 20 min, o ônibus pode gastar por volta de 35 min para chegar lá dependendo do trânsito.

Copenhagen

Copenhagen

Além dos pontos turísticos tradicionais que incluem as casinhas coloridas de Nyhavn, o Parque Tivoli e a famosa estátua da Pequena Sereia, Copenhagen é cheia de edifícios inovadores para quem quer apreciar o renomado design dinamarquês. A Ópera, a Biblioteca Real, o Teatro Real Dinamarquês, o Museu Judaico Dinamarquês, o Museu do Design e o Museu de Arte Louisiana são alguns dos lugares em que você pode fazer isso!

Ópera de Copenhagen

Ao contrário de outras capitais europeias que possuem óperas com estilo clássico de arquitetura, a de Copenhagen é bem contemporânea. Erguida na ilha de Holmen, ela é a ópera mais cara já construída no mundo.

Opera de Copenhagen

Ópera de Copenhagen

Biblioteca Real da Dinamarca

A Biblioteca Real foi fundada em 1648 e guarda exemplares de todas as obras já publicadas na Dinamarca desde o século XVII. O futurista prédio Black Diamond foi inaugurado em 1999 e é onde está a maior parte do seu acervo atualmente. Há uma conexão ligando o prédio antigo da Biblioteca ao Black Diamond. O lugar abriga também dois museus: o Museu Nacional da Fotografia e um pequeno museu dedicado à arte dos quadrinhos.

Black Diamond Copenhagen

Black Diamond Copenhagen

Museu Judaico Dinamarquês

O lugar é obra de Daniel Libeskind, arquiteto também responsável pelo Museu Juadaico de Berlim. Ele fica nos jardins da Biblioteca Real e aborda o fato singular dos judeus dinamarqueses terem sido ajudados por seus conterrâneos a escapar das perseguições nazistas da Segunda Guerra. Aliás, a própria arquitetura do museu faz referência a isso. O padrão dos corredores em que os visitantes se movem pela exposição foi disposto para formar a palavra “Mitzvah” que, em hebraico, significa “boa ação”.

Museu Judáico de Copenhagen

Museu Judáico de Copenhagen

Royal Danish Playhouse

Também localizada na área do porto, a Royal Danish Playhouse é uma casa de espetáculos de arquitetura contemporânea. Ver o reflexo do prédio na água em determinados horários do dia também é ainda mais bonito! Sua excelente acústica torna o lugar perfeito para apresentações teatrais, permitindo que o público tenha uma experiência superior ao assistir às peças! Hoje em dia, é um importante marco arquitetônico da cidade.

foto: Benson Kua no Flickr

Royal Danish Playhouse. foto: Benson Kua no Flickr

Museu do Design

Localizado em um prédio antigo que já foi o primeiro hospital público da Dinamarca, o Museu do Design possui artesanatos e objetos de arte decorativa e de design industrial do Ocidente e da Ásia do fim da Idade Média até o presente. Além do seu acervo permanente, ele conta também com exposições temporárias

Museu do Design de Copenhagen

Museu do Design de Copenhagen

Museu de Arte Moderna Louisiana

Embora não fique exatamente em Copenhagen, o Museu de Arte Moderna Louisiana é facilmente acessível em um trajeto de cerca de meia hora de trem. Especializado em arte pós anos 50, ele possui obras de artistas renomados como Andy Warhol, Alberto Giacometti e Pablo Picasso. É o museu de arte mais visitado da Dinamarca.

Museu Louisiania

Museu Louisiana

Quem quiser aproveitar a ida a Copenhagen para fazer compras de objetos de decoração com design típico escandinavo, vai encontrar ótimas peças na Illums Bolighus. É uma famosa loja de departamentos dinamarquesa que conta com uma infinidade incrível de objetos que são verdadeiras jóias de decoração para casa. Ela fica na movimentada área da Strøget que é conhecida por ser a rua de compras exclusiva para pedestres mais longa da Europa.

Mariana Martins é editora do blog Mari and the City (clique aqui).

Como ir de Paris até Copenhagen

. De avião. A viagem direto de avião dura 1h50. Veja aqui as melhores ofertas da Air France.

. De trem. A viagem de trem é longa, dura em torno de 14h20, verifique as baldeações. Compre sua passagem antecipadamente – clique aqui – para garantir os melhores preços.

. De carro. A viagem de carro dura em torno de 13h passando por países como Bélgica e Alemanha. Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e na Europa aqui.


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.