Miracle design no Flickr

Miracle design no Flickr

Por Karen Goldman, chef responsável pelos roteiros gastronômicos do Conexão Paris

Reza uma das lendas mais difundidas do cassoulet que Castelnaudary, cidade situada na região de Languedoc-Roussillon, sudeste da França, foi cercada durante a Guerra dos Cem Anos pelos ingleses e ficou semanas sem abastecimentos. A população, para não passar fome, fazia ensopados com tudo que houvesse a disposição: feijões brancos (típicos da agricultura local), porcos, aves, legumes… Assim nasceu um dos pratos mais tradicionais da França.

Castelnaudary ficou conhecida como a capital mundial do cassoulet.

Mas o caussolet é um prato tão importante na cultura local que três cidades desta região disputam a fama de fazer o melhor de todos.

Para manter a paz regional, os franceses decidiram que as três cidades são o Pai (Castelnaudary ), o Filho (Carcassonne) e o Espírito Santo (Toulouse) do cassoulet.

Stuart Mudie no Flickr

Stuart Mudie no Flickr

Receita Cassoulet para 8 pessoas

tempo de praparo: 1 noite (para os feijões) e 3h
grau de dificuldade: médio

– 750 g de feijão branco

– 16 chouriços curados

– 8 linguiças

– 4 bacons

– 4 bacons defumados

– 4 coxas de pato confitadas (senão tiver use 6 coxas de frango cozido)

– 70 g de pasta de tomate

– farinha de rosca

– alho, tomilho, louro

– sal e pimenta

No dia anterior, deixe os feijões de molho em água fria da noite pro dia.

No dia seguinte escorra e coloque para cozinhar em uma panela, coberto com água fria, sem sal, com 5 ou 6 dentes de alho, tomilho e louro por uma boa meia hora. Em seguida, retire os dentes de alho e transfira tudo para uma panela maior, cubra com mais um pouco de água. Adicione o extrato de tomate, as fatias de lingüiça, o bacon defumado cortado em pedaços, mais 3 dentes de alho e volte a ferver .

Em uma frigideira, frite as fatias de bacon, em seguida adicione as salsichas. Descarte o excesso de gordura e leve tudo isso para a panela com o feijão. Junte sal, pimenta e deixe cozinhar em fogo baixo por 1 hora mexendo ocasionalmente.

Limpe as coxas de pato confitadas, tire o excesso de gordura e adicione à panela , verifique o tempero e deixe cozinhar mais meia hora.

Pré-aqueça o forno a 110 ° C.

Pegue duas assadeira grandes e altas, esfregue com alho, em seguida, espalhe delicadamente o conteúdo da panela. Em seguida, polvilhe com a farinha de rosca e leve ao forno.

Verifique regularmente se a preparação cozinha lentamente, se há bastante caldo, o feijão precisa ficar coberto. De tempos em tempos, pressione as carnes para coloca-las dentro do caldo.

Deixe cozinhar mais 40 minutos, deixe esfriar por 1 hora e volte a cozinhar durante uma hora se for servi-lo no mesmo dia.

O cassoulet fica ainda melhor reaquecido no dia seguinte.

Fontaine de Mars, perto da torre Eiffel. Melanie Seasons no Flickr

Fontaine de Mars, perto da torre Eiffel. Melanie Seasons no Flickr

Para mim, o melhor Cassoulet de Paris é da La Fontaine de Mars.

La Fontaine de Mars: 129 Rue Saint-Dominique, 75007 Paris. Metrô linha 8, estação École Militaire.

Clique aqui para conhecer nossos tours gastronômicos em Paris.

restaurantesConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda na nossa lojinha. O guia traz uma seleção  dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, patisseries, caves, bares etc.