te

Fluctuat Nec Mergitur

As reações da população parisiense e da prefeitura de Paris aos últimos atentados difundiram mundialmente o emblema e a divisa da cidade.

Pelo seu caráter simbólico, eles relatam uma parte da história de Paris e, se prestarem atenção, verão que o DNA francês se encontra inscrito nos muros, nos bancos, nas fachadas da Paris.

Fluctuat Nec Mergitur. : Claudius Dorenrof no Flickr

Fluctuat Nec Mergitur (foto: Claudius Dorenrof no Flickr)

Emblema e divisa de Paris

Emblema e divisa de Paris

O emblema de Paris é um barco a vela navegando em águas agitadas e data da idade média, quando toda a vida da cidade era organizada em torno do Sena.

O fundo do emblema é vermelho, o navio e as águas cor prata. Os lírios simbolizam a monarquia. No topo, um muro de pedra representa a resistência da cidade que apesar de inúmeras batalhas sempre soube se defender. O ramo de carvalho, da direita, recompensa a bravura dos cidadãos e o de loureiro, da esquerda, é um símbolo da vitória. Na parte inferior, pendurado nos ramos a divisa de Paris, Fluctuat nec mergitur, Batido pelas vagas sem nunca afundar.

Encontramos o emblema nos bancos públicos, nas pontes, nos postes de iluminação, gravados nas decorações de fachadas em mármore, decorando os portões de ferro forjado, nas entradas das escolas públicas, nas estações ferroviárias, bref, para todos os lados

Fluctuat Nec Mergitur. Ponte Alexandre III. : Claudius Dorenrof no Flickr

Fluctuat Nec Mergitur. Ponte Alexandre III. (foto: Claudius Dorenrof no Flickr)

Muitas vezes nem nos damos conta porque ele pode ser simplificado e adotar um aspecto decorativo.

Flutuat Nec Mergitur.: Claudius Dorenrof no Flickr

Flutuat Nec Mergitur.: Claudius Dorenrof no Flickr

O importante é a sua presença, trazendo de volta a História.