Le Defenseur du Temps. Wally Gobetz no Flickr

Le Defenseur du Temps. Wally Gobetz no Flickr

Como todos os anos, no último fim de semana de outubro, na noite de sábado dia 24 para domingo dia 25, às 3 horas da manhã, atrasamos nossos relógios para 2 horas. Vamos dormir uma hora a mais.

Le Defenseur du Temps. Pat M2007 no Flickr

Le Defenseur du Temps. Pat M2007 no Flickr

O Defensor do Tempo é um relógio autômato situado perto do museu Centre Pompidou, em Paris.
A cada hora, de 9h até 22h, um homem, em pé sobre um rochedo com uma espada e um escudo, luta contra um pássaro, um dragão e um imenso caranguejo. Eles representam o céu, a terra e o mar.
As 12h, 18h e 22h ele luta contra os três animais. Nas outras aparições, o guerreiro luta somente com um deles.
Durante o combate sons de tempestades, grandes vagas e erupção de vulcões acompanham o espetáculo.
A obra mede 4 metros de altura e pesa 1 tonelada. Ela se encontra no endereço 8, rue Bernard-de-Clairvaux, região conhecida como Quartier de l’Horloge.