Madeleine, história e receita

A- A+

Por Karen Goldman, chef responsável pelos roteiros gastronômicos do Conexão Paris.

madeleine é um pequeno bolo em forma de concha, feito com ovos e raspas de limão, que foi eternizado por Proust em seu livro “Em busca do tempo perdido”.

MADELEINE1

Madeleines (foto: Karen Booth no Flickr)

Originária da cidade de Commercy, conta-se que ela apareceu pela primeira vez na mesa do duque de Lorraine no final do século XVIII. Depois de perder seu reino da Polônia, Stanislas Leszcynski, sogro de Louis XV, recebe o Ducado de Lorraine.

Humanista, filantropo e filósofo, ele mantinha um estilo de vida luxuoso. Diz a lenda que uma noite o convidado de honra para o jantar era o controverso escritor Voltaire. Muitos ali naquela cidade detestavam Voltaire, inclusive o mordomo e o padeiro do Duque que se recusaram a lhe servir. Para salvar o jantar do fiasco Madeleine, uma empregada da casa, improvisa uma receita de bolo ensinado por sua avó. Todo mundo aprecia e Stanislas envia um pacote de “madeleines” para sua filha. A encomenda pipoca em Versalhes e em pouquissimo tempo Commercy vira a capital francesa da madeleine.

Em 1852, a linha de trem Paris-Strasbourg é inaugurada e, a fama do bolo já é tão grande, que a prefeitura autoriza a venda de madeleines na plataforma da estação. Todos os viajantes retornam de Commercy com uma caixa debaixo do braço. Após a Segunda Guerra Mundial, a madeleine se tornou um produto comum do consumidor, sendo produzido em larga escala em fábricas em toda a França.

MADELEINE2

Madeleines (foto: Yoshihide Nomura no Flickr)

Receita de madeleines por Pierre-Dominique Cécillon para Larousse Cuisine

  • Para 20 madeleines
  • Preparação: 10 min
  • Tempo de cozimento: cerca de 15 minutos
  • Dificuldade: fácil

Ingredientes:

  • 100 g de manteiga + para um pouco para untar
  • 1/4 limão (ou outro sabor: baunilha, água de flor de laranja…)
  • 2 ovos
  • 120g de açúcar
  • 100g de farinha
  • 3g de fermento em pó
Preparação:
  1.  Pré-aqueça o forno a 220°C (terma. 7-8).
  2.  Em uma panela pequena, derreta a manteiga em fogo baixo. À parte raspe a casca de 1/4 de limão.
  3.  Em uma tigela, bata os ovos e o açúcar até obter uma mistura espumosa. Adicione a farinha e o fermento peneirado, mexendo sempre. Despeje a manteiga devagar (para evitar deixar cair o soro de leite). Por fim, adicione as raspas de limão e misture bem.
  4. Unte a forma de madeleine. Preencha com 2/3 da massa. Asse em forno a 220°C durante 5 minutos, em seguida, abaixe a temperatura para 200°C e cozinhe por 10-15 minutos.
  5. Desenforme ainda quente e deixe esfriar antes de servir.

Dica:

Se você não usar toda a massa de madeleine no mesmo dia, você pode mantê-la na geladeira e assá-la mais tarde.


Conheça nossos tours gastronômicos em Paris clicando aqui.

 

Publicidade

O conteúdo deste post foi decidido pela equipe editorial do Conexão Paris, tendo como critério a relevância do assunto para nossos leitores, não havendo nenhum vínculo comercial com qualquer empresa ou serviço citado no texto. Não recebemos qualquer tipo de remuneração pela escrita e publicação deste texto. Conheça a política de remuneração do Conexão Paris.

23 pitacos, participe desta conversa

  1. Therezinha Martins disse:

    Amo Madeleines!!!!Trazia sempre na volta para o Brasil (RJ )

  2. Therezinha Martins disse:

    Amo Madeleines,sempre trazia para o Brasil,Rio de Janeiro.São maravilhosas.!!!!❤❤❤

  3. Heloisa disse:

    DO limão só se usam as raspas ou se coloca o suco dele na receita?

  4. Marilia disse:

    Acabei de fazer e ficou simplesmente delicioso ! amei. Obrigada por compartilhar a receita 🙂

  5. Sheila disse:

    Olá, tudo bem? Visitei Paris no ano passado e amamos o local. Meu filho de 3 anos não parava de comer Madeleine. Achei a receita no seu blog e amei. Vou fazer. Moro no RS, será que existe forma de madeleine para vender?

  6. Suely disse:

    Adorei a receita. É possível congelar ou seu consumo é imediato?

  7. luiza disse:

    CONHECI A MADALEINE ATREVEZ DE UMA AMIGA E CONFESSO AMEI PEGUEI A RECEITA E VOU TENTAR FAZER

  8. Rogério disse:

    Muito boa receita. Nunca fui a França, mas tenho um forma de 18 unidades de silicone que um amigo trouxe de Paris. Tenho um forno elétrico e precisei fazer uns ajustes na temperatura e no tempo para assar. Na primeira parte baixei para 200 graus e na segunda 180 e não precisou chegar nem a 10 minutos. Valeu pela receita!

  9. Patty disse:

    Adorei saber desta historia tão peculiar Lina!
    Estou aqui na minha cozinha assando Madeleines para uma confraternização da minha turma de Yoga ! bisous et merci

  10. Ana Luisa Souza disse:

    Adorei o passeio …foi lindo,td de bom
    espero uma proxima vez

  11. kariny disse:

    Delicia de receita, adoro!

  12. Mauricio Christovão disse:

    O CP continua sua campanha contra as dietas… Delícia!!!

    • Rodrigo Lavalle disse:

      Rodrigo, sim, o blog ‘Eu Como Sim’ é da Karen Goldman, parceira do Conexão Paris e idealizadora dos tours gastronômicos que oferecemos.
      Abraços.

  13. Katia ramos disse:

    Ai que saudade das minhas madeleines no café da manhã em Paris!

  14. Rodrigo Lavalle disse:

    Olga, faremos um artigo sobre a história do financier. Obrigado pela sugestão.
    Abraços.

Próximos 3 comentários Aguarde, carregando novos comentários

Participe e deixe seu comentário

Seu comentário pode demorar alguns minutos para aparecer no blog.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.