Champagne Dom Perignon. Megan Cole no Flickr

Champagne Dom Perignon. Megan Cole no Flickr

Nunca o consumo mundial de champagne foi tão alto como nos três últimos anos. A cada segundo 10 garrafas de champanhe são abertas.

Se existe uma região francesa que não ouviu falar da crise, ela se chama Champagne. Os números referentes ao investimento das grandes marcas nos vinhedos e na produção do vinho são estratosféricos.

Mas este sucesso tem seu preço. O champanhe está se tornando cada vez mais caro para o consumidor francês. E olha que as garrafas mais baratas são vendidas na França, enquanto que as famosas e caríssimas são exportadas.

Russos, chineses, árabes e americanos preferem os crus millésimés das grandes marcas hiper mediatizadas como Moët et Chandon, Ruinart, Mercier, Veuve-Cliquot, Krug, Vranken, Pommery, Lanson. Os turistas milionários quando desembarcam nos belos hotéis parisienses encomendam várias garrafas e partem com elas nas malas. Os hotéis 5 estrelas se transformaram em supermercado para a jet set mundial.

Vinho de Bordeaux. Blaye Côtes de Bordeaux no Flickr

Vinho de Bordeaux. Blaye Côtes de Bordeaux no Flickr

Enquanto isto os franceses procuram novas alternativas para a compra de vinhos e champagnes. Desde o início dos anos 2000 eles preferem comprar estes produtos nos supermercados. E se possível durante um evento que se chama Foires aux Vins.

Foires aux Vins mudou completamente os hábitos dos franceses. Antes, o supermercado era usado para a compra dos produtos diários de limpeza, artigos utilitários e banais. Para produtos requintados, bebidas e alimentação, a compra era feita em caves, pequenos comerciantes ou nos grandes centros gastronômicos como La Grande Épicerie de Paris ou Lafayette Gourmet.

Com o aumento contínuo do preço do champagne – e de certos vinhos como o Bordeaux – e com as Foires aux Vins que acontecem sempre em setembro, as famílias esperam o retorno das férias de verão para abastecerem as caves.

A Foire aux Vins foi inventada por um supermercado mais popular. Diante do sucesso do empreendimento, hoje todos os supermercados e algumas lojas propõem uma excelente seleção de vinhos cujos preços começam à 5 euros. Em alguns supermercados, 50% dos vinhos oferecidos custam menos de 10 euros.

A mídia acompanha de perto as Foire aux Vins e, atualmente, quase todos os críticos enólogos publicam, antes do evento, uma seleção dos melhores e mais baratos. Os enólogos dos supermercados fazem uma primeira seleção, em seguida os críticos responsáveis pelas colunas Vinho da mídia francesa publicam uma segunda seleção.

Para os apreciadores que não dominam o mercado, hoje está mais fácil comprar bons produtos a preços baixos. Basta ler as críticas, entrar no site dos supermercados que participam do evento, verificar se os vinhos escolhidos estão realmente na promoção.

Vejam alguns exemplos da seleção da revista do fim de semana do jornal Le Figaro:

Champagnes :

Jeanmaire Brut, 16.40 euros, vendido no Auchan. Veuve Cliquot, 32 euros, vendido no Carrefour. Moët Chandon Brut Imperial, 29 euros, vendido no Carrefour.

Bordeaux :

Bordeaux Superieur Château Pérenne, 5.99 euros, vendido por Auchan. Saint Emilion Grand Cru Côte de Baleau, 15.95 euros, vendido por Auchan. Bordeaux Supérieur – Château Saint Antoine Réserve du Château, 4.60 euros, vendido por Leclerc. Margaux Château Marquis de Terme, 29.50 euros, vendido por Leclerc.

Os supermercados e lojas que participam do evento são: Carrefour, Monoprix, Auchan, Leclerc, Franprix, Lavinia, Intermarché, Carrefour Market. As datas variam pouco. As ofertas começam no início de setembro e duram de 15 a 30 dias.

Se um dia vocês estiverem em Paris no mês de setembro, comprem a mala especial para o transporte de vinhos no avião (leia aqui) e abasteçam suas adegas sem se arruinarem.

Aproveitamos o assunto para publicar a lista dos melhores champagnes do mundo. Assim vocês terão duas escolhas: comprar bom e barato e, para aqueles que não se importam com os preços, comprar as melhores do mundo.

Champagne

Cristal Rosé de Champagne Roederer 2004

Este concurso foi lançado por um escritor e conhecedor de vinho, Tom Stevenson, com o apoio de Essi Avellan MW. Champagne and Sparkling Wine World Championships é um concurso reservado somente aos champanhes e outros espumantes fabricados no mundo.

O concurso elege o melhor do mundo e em seguida os melhores por país.

O vencedor da categoria melhor do mundo foi :

Cristal Rosé de Champagne Roederer 2004, França.

E os 10 melhores espumantes por país foram :

. Austrália, House of Arras 2005 Grand Vintage Brut

. Canadá, Sparkling Wine 2015 – Trius NV Brut

. Inglaterra – Nyetimber 2010 Classic Cuvée

. Alemanha – Solter 2009 Rheingau Riesling Sekt Réserve Brut

. Itália – Ferrari Perlé 2006 Trentodoc in magnum

. Nova Zelândia – Hunter’s 2010 Mirumiru Reserve

. Serbie – Trijumf 2009 Chardonnay Blanc de Blancs Extra Brut

. África do Sul – Avondale 2009 Armilla Blanc de Blanc Brut

. Espanha – Segura Viudas NV Reserva Heredad Pinot Noir

. Estados Unidos – Caraccioli Cellars 2007 Brut.

Para os interessados, este resultado será publicado no livro de Tom Stevendon, Champagne & Guide de Mousseux 2015.

Parte dos dados citados acima foram tirados do site Atabula. www.atabula.com/champagne-un-succes-francais-mais-a-quel-prix/


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.