O site de encontros extra conjugais Ashley Madison foi pirateado e a mídia do mundo todo comentou o fato. O grupo pirata Active Team revelou a identidade, o endereço mail e o histórico das transações de mais de 32 milhões de usuários.

Mapa

Mapa da Tecnilogica

O site Tecnilogica utilizou estes dados e criou um mapa interativo que permite a classificação das cidades que possuem um número elevado de inscritos no Ashley Madison, quer dizer, um mapa da infidelidade internacional.

Paris é a cidade mais romântica do mundo, mas os parisienses não estão no top desta lista. De acordo com o mapa interativo, eles não são nem mesmo grandes utilizadores do site de encontros extra conjugais.

O primeiro lugar coube aos brasileiros, mais precisamente aos paulistanos. São Paulo conta 374.542 utilizadores do Ashley Madison.

Em segundo lugar, New York com 268.171, seguidos por Sydney com 251.813.

E Paris? A cidade propícia aos encontros amorosos conta somente 37.641 inscritos. A Europa de uma maneira geral é mais « calma ». Londres é a campeã européia com 179.129 incritos, Madri com 135.294, Milão com 35.337 e Berlim com 28.985.

Paris capital do romantismo e São Paulo capital da infidelidade? Ou o caminho da infidelidade parisiense passa por outras conexões?

E se toda a análise acima fosse apoiada sobre dados falsos? Um artigo do Le Monde diz que quase todos os inscritos no Ashley Madison foram fabricados pelo site, na realidade as inscrições eram falsas com endereços IP que terminavam por ashleymadison.com. O site teria criado um exército de robôs para atrair seu público.

Neste caso os paulistanos não são infiéis, os parisienses não são mais “calmos”, todos salvos pelo gongo, nada foi revelado e o charme do desconhecido pode continuar operando.

Se quiserem consultar o mapa cliquem abaixo.

Mapa interativo