Fazer compra para o mês, ou até mesmo para a semana, não faz parte da cultura parisiense. Como os apartamentos geralmente são pequenos e a cozinha, minúscula, não há espaço para fazer grandes estoques. Muita gente tem em casa uma geladeira pequena, dessas de hotel… Então, comprar comida é quase que uma função diária. Mas em Paris, isso não é nenhuma tragédia. Entre a estação de metrô mais próxima e a casa, sempre há um mercado (grande ou pequeno), uma padaria, para nos salvar.

Os mercados de rua também fazem parte da rotina semanal. Todo bairro tem o seu – alguns são excelentes, outros, nem tanto. Alguns são tradicionais e históricos, outros, moderninhos e descolados. Alguns são coberto; outros, a céu aberto.

No vídeo abaixo, a chef Karen Goldman, idealizadora dos passeios gastronômicos do Conexão Paris, apresenta dois mercados super tradicionais de Paris: o do boulevard Raspail, na Rive Gauche, e o do Marché des Enfants Rouges no Marais.

Ir ao mercado é uma forma de viver o dia-a-dia dos parisienses, de ver a cidade por dentro, pulsando. Abaixo, listamos cinco mercados que vale a pena conhecer em Paris. Coloque um na sua agenda!

  • Aligre

Onde: Fica perto da Bastille: Place d’Aligre, 75012 Paris | Metrô: Ledru Rollin

Quando: O marché d’Aligre está temporariamente fechado por causa de um incêndio que destruiu parte do mercado coberto. A previsão de abertura é setembro. Portanto, mantemos ele aqui entre nossa lista de “a visitar”.

Ao reabrir: de terça a sexta das 9h às 13h e das 16h às 19h30; sábados e domingos (só pela manhã).

O Marché d’Aligre é um programa delicioso para começar o fim de semana. Há barraquinhas a céu aberto, quinquilharia e um mercado coberto onde estão comerciantes famosos. O açougueiro Michel Brunon, no mercado desde 1978, é um dos queridinhos do chef Alain Ducasse.

Depois de passear pelo mercado, não deixe de passar no Baron Rouge para tomar uma taça de vinho em pé no passeio.

  • Les Enfants Rouges

Onde: No Marais: 39 Rue de Bretagne, 75003 Paris | Metrô: Filles du Calvaire

Quando: de terça a sábado, das 9h às 20h30 e  domingo das 8h30 às 17h

Este é o mais antigo mercado de Paris. No coração da cidade, no Marais, é também ponto de encontro dos parisienses para o almoço do fim de semana. Entre as opções, especialidades do mundo inteiro. Nossa dica: um brunch no l’Estaminet des Enfants Rouges.

  • Boulevard Raspail

Onde: perto de Saint-Germain, entre as ruas Cherche-Midi e Rennes, 75006 | Metrô: Rennes

Quando: terça e sexta, das 7h às 14h30

Como a Karen mostrou no vídeo acima, o forte do mercado são os produtos orgânicos.

  • Président Wilson

Onde: Em frente ao Palais de Tokyo: Avenue Président Wilson, entre a rua Debrousse e a Place d’Iéna, 75016 | Metrô: Iéna

Quando: quarta das 7h às 14h30 e sábado das 7h às 15h

Talvez o mercado mais gourmet de Paris. A estrela é o horticultor Joël Thiébault, fornecedor de 11 entre cada 10 restaurantes gastronômicos de Paris. Aproveite para combinar a visita ao mercado com alguma bela exposição no Palais de Tokyo (e almoçar no M. Bleu, restaurante do museu que tem vista para a Torre Eiffel).

  • Marché Saint Martin

Onde: Perto do Canal Saint Martin: 31/33 rue du Château d’Eau, 75010 | Metrô: Château d’Eau

Quando: terça a sábado, das 9h às 20h. Domingo, das 9h às 14h

Não é à toa que esse mercado fica no 10˚ distrito, uma das regiões mais dinâmicas da cidade. Há alguns anos, o mercado vem sendo ocupado por jovens chefs, como Brice Morvent. Simpático para um almoço de fim de semana antes de seguir pro Canal Saint-Martin.

E você, qual é seu mercado favorito em Paris?


Saiba mais sobre os passeios gastronômicos em Paris propostos pela chef brasileira Karen Goldman.

E acesse e assine o canal do Conexão Paris no You Tube para acompanhar nossos vídeos semanais com dicas de Paris.


restaurantesConheça o guia do Conexão Paris Restaurante e Outras Delícias, à venda no site Minha Viagem Paris. O guia traz uma seleção  dos melhores restaurantes da cidade, além de queijarias, patisseries, caves, bares etc.