O turista em geral não gosta do verão em Paris. Dá pra entender: o calor pode ser pra lá de insuportável e ar condicionado é coisa rara.

E mais: alguns dos melhores restaurantes e lojas fecham em agosto. Como se ouve por aqui, enquanto os americanos vivem para trabalhar, os franceses trabalham para viver. Ou seja, verão é férias. Então, fecham-se as portas e pronto! Não tem mais restaurante, padaria, lojinha… Tá todo mundo na praia. Sim, estou exagerando, mas você vai encontrar muita coisa fechada no mês de agosto.

Mas eu adoro o verão em Paris, assim como muitos parisienses. Já escrevemos um post com dicas sobre o que fazer em Paris no verão. Mas não é só uma questão de o que fazer. O verão tem também o seu charme, que está na descontração, na alegria, na celebração da vida ao ar livre. No vídeo abaixo, tentamos capturar um pouco do espírito parisiense nos meses de julho e agosto.

No verão, Paris é uma festa maior e mais intensa do que nunca. Com o calor e os dias longos, ninguém volta pra casa antes do escurecer, que é depois das 10 da noite. As ruas ficam lotadas; as varandas dos cafés e restaurantes, abarrotadas.

No verão, vivemos de forma coletiva. Os espaços públicos – que são muitos e são todos excelentes – são utilizados em toda a sua potencialidade. Nos jardins e parques, margens do Sena e praças fazemos piquenique, nos refrescamos na água, fazemos esporte, deitamos na sombra enquanto os mais corajosos se bronzeiam horas a fio no sol.

No verão, Paris fica mais informal, mais relax, mais alegre. Os horários são menos rígidos, as pessoas estão menos apressadas, o metrô fica mais vazio, as caras estão menos carrancudas. A cidade fica colorida (apesar de bem menos elegante…).

Então, se você não tem medo de calor, Paris no verão é uma ótima pedida!

Visite e assine nosso canal no You Tube.