Como identificar o parisiense típico? Como reconhecer o parisiense entre os turistas que percorrem as ruas de Paris? Nas mesas dos cafés e bares, como ter a certeza que a pessoa ao lado é um verdadeiro nativo?

Passe a prestar atenção nos detalhes abaixo.

. Se a pessoa exprimir sua opinião com um bof desdenhoso, ela é parisiense. Com este som, a pessoa quer dizer simplesmente que a coisa não vale a pena. Exemplos: o que você acha deste restaurante? Bof! Seu colega de trabalho é bonito? Bof!

Canal Saint Martin

Canal Saint Martin

. Se a pessoa estiver bebendo uns drinks nas margens do Sena, ela não é parisiense e sim turista. Os parisienses se refugiam, com seus drinks, nas margens do Canal Saint Martin.

. Todas as pessoas que você encontrar nas ruas de Paris no mês de agosto não são parisienses. São todos turistas franceses ou estrangeiros. Os parisienses estarão, eles, na Côte d’Azur, na Bretagne, na Normandia, em New York ou no Brasil.

. Todas as pessoas sorridentes que você encontrar em Paris não são parisienses. Para este últimos, o sorriso foi abolido.

S

Smokers Station

. Todas as pessoas que você encontrar fumando, em Paris, são parisienses. Como é proibido fumar em lugares fechados, encontramos grupos de fumantes diante dos cafés, restaurantes e prédios de escritório. Para evitar tocos de cigarros jogados nos passeios,  grandes cinzeiros foram instalados nas grades ou fachadas dos prédios.

. Se a pessoa estiver usando um cachecol, ela é parisiense. Todos os parisienses usam cachecol, aqui chamado foulard. Eles possuem foulards para o verão, para o outono, para a primavera e para o inverno. Toda uma ciência. O do verão se transforma em canga na praia e, à noite, em xale. O do inverno é peça fundamental contra o frio rigoroso. Mas você tem que aprender a amarrá-lo no pescoço, senão, bof! Leia este artigo que te explicará como usar o cachecol.

. Se você presenciar duas ou mais pessoas discutindo de maneira mais os menos violenta, não se preocupe. São parisienses conversando sobre os últimos assuntos do momento.

. Se você encontrar pessoas andando pelas ruas de Paris vestidos com moleton, pode ter certeza, são turistas ou parisienses recentes. Os parisienses – verdadeiros – usam moleton somente para correr nos parques em dias frios e ventosos.

. Se você escutar a palavra putain (prostituta) preste atenção porque estará diante de um belo exemplo de parisiense. O uso desta palavra é de uma regularidade alarmante. Exemplos: putain, olha quem está chegando; putain, esqueci minha carteira em casa; putain, perdi o trem.

Manifestação rua La Fayette

Manifestação rua La Fayette

. Se você deparar com ruas bloqueadas e cobertas de panfletos e grupos de pessoas gritando ou falando em altos falantes, pare e tire fotos. Esta é a típica contestação social, você está diante de membros dos poderosos sindicatos. Mais parisiense impossível.

. Se você escutar alguém pedir uma taça de vinho tinto, pode ter certeza que esta pessoa é turista. Se, ao contrário, ouvir alguém pedir uma taça de Bordeaux, Saint Estèphe, aí sim, você estará diante de um parisiense.

Ao lado da Mariana, uma parisiense típica, uma das proprietárias do bela loja

Ao lado da Mariana, a parisiense típica, uma das proprietárias do bela loja Astier de Villatte

. Se você topar com uma jovem muito maquiada, muito arrumada, muito bem vestida, muitas etiquetas aparentes, atenção, ela não é parisiense.  Ela estará simplesmente querendo “passar por”. A verdadeira parisiense pode até passar horas diante do espelho. mas ela dará sempre a impressão de ter vestido uma camisa branca simples rapidinho, ter passado apenas um baton discreto, prendido uma barrette nos cabelos e pronto.

. Se você reparar que os carros que circulam ou que estão estacionados nas ruas em Paris são sujos, amassados e com toneladas de livros, jornais e garrafas de água  esparramados no interior, calma. Nada de grave acontecendo. O parisiense não liga para o carro, ele o considera somente um meio de transporte. Os limpinhos e brilhantes pertecem às empresas, às embaixadas, às estatais e aos estrangeiros. Nada a ver com o carro do parisiense típico. A primeira vez que entrei no carro do meu marido, foi um choque. Não entendi como um médico podia ter um carro como o dele. Em trinta anos de casamento nada mudou, o atual continua tal qual.

. Se você topar com um rapaz pálido, cabelos cuidadosamente desarrumados, barbas descuidadas, vestido de preto com roupas amarrotadas e aspecto doentio, não se afaste correndo. Ao contrário, aproxime-se para conhecer um verdadeiro jovem parisiense que adora estar no papel do romântico do século XIX. Paris possui várias tribos masculinas e para entender quem é quem, leia este artigo agui.

Artigo inspirado na listinha (enviada por querida amiga) do Thrillist.com.


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.