Esta é a maior e talvez a mais conhecida fonte de Paris e um dos principais monumentos de Saint Germain.

A Fontaine de Saint Michel se encontra no início do boulevard Saint Michel e esquina com a rue Danton.

Trata-se de uma alegoria do arcanjo Michel apresentado como um guerreiro, na luta do bem contra o mal. Seu combate é infindo. Após expulsar Lúcifer do paraíso, Michel é representado aqui combatendo dragões, uma das múltiplas faces de Satã.

Na França, o guerreiro Michel é o protetor dos soldados, dos policiais e dos radiologistas. Neste último caso não entendo bem a relação entre radiologia e o arcanjo.

Os dois dragões foram esculpidos por Alfred Jacquemart, grande artista francês especialista dos animais e criaturas fantásticas.

Se estiver em Paris com suas crianças, peça a elas para procurarem as diferenças entre os dois dragões. Se os observamos com atenção entramos com prazer no jogo da descobertas dos erros entre dois elementos supostamente idênticos.

Foto: Alexandre Breveglieri

Este é um ponto de encontro dos jovens e o monumento passa por metamorfoses variadas: ora as águas estão coloridas, ora com espumas de sabão, ora o arcanjo amanhece exibindo um sutiã.

Foto do dragão: coyau Wikimedia  Commons