Por Tatyana Mabel

Godard que estava certo! Ao invés de procurar adjetivos e arriscar-se em definir o que era uma mulher, “adjetivou” por ela mesmo: Une femme est une femme. Uma mulher é uma mulher. Pronto!

Diante de um sujeito complexo, a melhor alternativa é tornar logo evidente o labirinto (ou impasse?).

Paris também é difícil de definir. Objeto de desejo de muitos, cidade celebrada pela poesia, pelas artes, pelas universidades, pelas  músicas e até pelo simples pãozinho. Mal afamada pelas baforadas de cigarro dos seus citadinos, pela falta de educação e pouca higiene, pelo desdém ao que não é idiomaticamente correto.

Melhor imitar Godard. Paris é Paris!

Mas se há uma particularidade nesta cidade, talvez seja a promoção cultural. Desconheço outra grande cidade que, além dos museus e do patrimônio artístico-cultural construídos em séculos, realize tantas exposições temporárias agrupando acervos particulares e de museus do mundo inteiro.

Paris tem o Louvre, Madrid o Museu do Prado, Berlim o Museu Pergamon, Londres o Britishmuseum, Roma os museus Captolinos… Isto todo mundo sabe. Estão empatadas.

Mas se você conhece outra cidade que realize exposições temporárias do quilate de “Picasso e os mestres” (2008-2009) com centenas de obras do pintor feitas ao longo da sua vida ladeadas pelos grandes clássicos que o inspiraram; ou como “Edward Hopper” (2012-2013), das suas primeiras obras até os clássicos que o afamaram; ou ainda, “Dalí” com dezenas de salões do Centro Pompidou repletos de surrealismo, por favor, me avise. Irei juntar dinheiro e fazer as malas com novo destino. [Para saber quais as boas exposições temporárias para o começo de 2017 clique aqui e aqui]

Você acha que tudo isso é para atrair turistas? Não! Mesmo sem dados, arrisco sem medo que o público dessas exposições é majoritariamente formado por franceses. É esse o idioma que mais se fala nas filas e que se sussura diante das telas. É para eles que há toda essa promoção cultural, especialmente realizada na estação de inverno, quando a vida fica mais reclusa e a cidade mais vazia dos turistas.

Sim… uma cidade é uma cidade, uma mulher é uma mulher. E Paris… além de ser uma cidade, além de ser fêmea e amante do Sena que a abraça sinuosamente, é também fértil de espaços culturais diferentes, que a povoam a cada inverno apenas para aquecer a alma dos seus habitantes educados, mal educados, fumantes, limpos ou apenas perfumados. Paris é Paris.

(Imagem da internet: J.L.Godard, Une femme est une femme).


caminhar, flanar, manifestarAcesse nosso novo site Minha Viagem Paris para descobrir e reservar passeios incríveis em Paris e no interior da França.

 

 


A Travel Wifi aluga dispositivos portáteis que fornecem conexão wifi e também vende chips para celular que funcionam na França e Europa.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.