Quando eles são antipáticos, é para valer.

Enquanto eu pesquisava novidades na livraria perto do Palais Royal, marido pediu um café em bristrô  ao lado.

Na saída,  colocou na bandeja uma nota de 10 para pagar 6 euros. O garçon pegou a bandejinha e desapareceu. Não voltou mais. Deixar 4  de gorjeta em consumo de 6 euros é um despropósito.  Absurdo maior é o garçon achar que pode tomar posse do troco de maneira autoritária.

Marido chamou o garçon de volta e disse que estava esperando o troco.  Dez minutos mais tarde a bandejinha foi jogada na mesa com gestos brutais.

Nossa próxima “visita vingança” a este bistrô está planejada. Vamos pedir um café e pagar o valor em moedas de 5 e 10 centavos.

Pagamentos feitos com todas as moedinhas que encontramos no fundo dos bolsos e bolsas deixam os garçons de Paris enfurecidos.

Pequenos detalhes do folclore da cidade.