Saí de casa em torno das 19h e encontrei a escadaria da Ópera lotada.  Desta vez, o espetáculo mais interessante estava na rua.

Passei pela praça Saint Honoré e descobri uma ambiente latino. Músicos tocando e casais dançando um caprichado tango.

Do outro lado da avenida Opera, fui atraída por um excelente jazz. O grupo tocava diante de um bistrot simpático.

Mais abaixo, diante da Comédie Française,  uma multidão aplaudia concertos de música clássica.

E no interior do Palais Royal, os pianos do evento Play Me I’m Your.

Durante quatro horas, flanei nas imediações da minha casa com um sorriso nos lábios.

O parisiense gênero mal humorado, e aqueles que o imitam, detestam este evento “barulhento” e kitch. Tant pis, como eles mesmo dizem.