Por Evandro Barreto do Comensais

Toda viagem internacional de lazer começa com um sonho e se materializa a partir de escolhas subjetivas e circunstâncias objetivas. Se é a primeira vez, há que decidir, entre a bússola e o relógio: visitar  o máximo de  países e cidades ou  ficar mais tempo em menos lugares para conhece-los melhor?  Não existe resposta única, logo não existe certo ou errado. Portanto, o melhor é escutar o próprio coração e começar a gozar as delícias de planejar o passeio.

Hoje em dia, existem inúmeras fontes de informação sobre cada palmo do planeta. Blogs, sites, agências de turismo, programas de TV, publicações especializadas, redes sociais e amigos experientes estão aí para ajudá-lo a traçar o roteiro mais compatível com o tempo que você tem, com o dinheiro que está disposto a gastar e com seus principais interesses. Paisagens, eventos, costumes, compras, cultura, gastronomia, aventura, esporte, referências sentimentais… você é quem decide, de preferência sem angústias, porque turismo não é missão, é diversão.

Igualmente importante é ter plena consciência de que até aquilo que eventualmente der errado pode ter um lado bom. Seja para valorizar ainda mais o que vai dar certo, seja para saber o que evitar na viagem seguinte. Sim, porque uma das conquistas da primeira viagem é fazer você voltar para casa pensando na próxima.

Dito isso, divido um aprendizado de quem já gastou vários passaportes. Não importa se você é viajante-bússola ou viajante-relógio. Por mais minucioso que seja o seu roteiro, abra a alma ao improviso. Você programou quinze dias corridos em Budapest e deu vontade de passar um dia em Bucarest? Vá, porque é a vida que está pedindo. E mesmo que você fique o tempo todo num lugar só, dê chances ao acaso.

Pegue o metrô numa estação antes e salte numa estação depois do que está acostumado. Descubra os mistérios que se escondem naquela ruazinha ao lado do seu hotel, por onde você sempre passa sem dar atenção. Pare para ouvir um realejo. Siga o perfume das frutas e perca-se entre as barracas da feira-livre. Sente-se num banco de praça e use bem alguns minutos, olhando para plantas que não conhece, ouvindo pássaros que não gorjeiam como cá, vendo crianças ocupadas em brincadeiras que não são as da sua infância.

Nada disso custa um centavo. E não tem preço.


França Entre Amigos oferece transfers, traslados e passeios privativos de carro com motorista brasileiro por Paris e pela França.

No site Booking você reserva hotéis com segurança e tranquilidade e tem a possibilidade de cancelamento sem cobrança de taxas.

Pesquise horários de trens e preços de passagens e compre a sua com antecedência para garantir os melhores preços.

No site Seguros Promo você compara os preços de várias empresas seguradoras e contrata online o seu seguro de viagem.

Obtenha o orçamento das principais locadoras de carro na França e faça sua reserva para garantir seu carro na Rentcars.

Veja as melhores ofertas de passagens aéreas da Air France.